LEVANTAMENTO OBJETIVA O REGISTRO NO INPI PARA BANANAS CULTIVADAS NO OESTE BAIANO

Image00018

Os resultados dos diagnósticos servirão para nortear as ações a serem desenvolvidas junto ao grupo e para mostrar às lideranças locais o potencial do produto regional para Indicação Geográfica

A bem-sucedida experiência de empresários rurais, proprietários de lotes agrícolas dentro do Perímetro Irrigado Formoso, com sede em Bom Jesus da Lapa, está sendo avaliada por consultores do Sebrae através de um levantamento de informações técnicas e evidências, junto às lideranças locais, utilizando metodologia desenvolvida pela instituição.

O objetivo, segundo o consultor Luciano Seixas, é identificar características regionais que contribuam para o desenvolvimento de um projeto que preparará o grupo de empresários para pleitearem junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) o registro de bananas prata daquela área irrigada, como Indicação Geográfica.

“Os resultados servirão para mostrar o potencial do produto regional, contribuindo para a sensibilização e mobilização em prol de um objetivo comum, e também para o Sebrae e parceiros realizarem os encaminhamentos estratégicos necessários ao desenvolvimento de todas as etapas de preparação para a Indicação Geográfica”, afirmou o consultor, que já acompanhou 30 diagnósticos no Estado, desde 2011.

O técnico do Sebrae, Sândalo Paim, conta que esse trabalho é inovador no Brasil e já foi implementado também pelo Sebrae Nacional e outras Unidades da Federação. “Esse tipo de registro de propriedade intelectual garante ainda ao produtor condições de qualidade e de competitividade diferenciadas, gerando benefícios econômicos para toda cadeia produtiva local”.

A previsão é de que até o fim de novembro desse ano o diagnóstico seja concluído. Os resultados dos levantamentos serão encaminhados para a diretoria do Sebrae, que fará análises e dará os encaminhamentos necessários, respeitando o seu planejamento plurianual.

O presidente do Conselho Administrativo do Distrito de irrigação Formoso (DIF), Antônio Márcio Rodrigues, explica que há cerca de 765 produtores (agricultura familiar e lotes empresarias) no Perímetro Irrigado Formoso, em funcionamento desde 1989, produzindo banana para todo o Brasil. “A região está se tornando o maior produtor individual do país e existe uma perspectiva de que a produção aumente ainda mais nos próximos dois anos”, comemora.

Agência Sebrae de Notícias

Por: Luciane Souza

Alô Alô Salomão

 

fasb