Acusada de tráfico é desbancada no scanner corporal do CPB

Conforme oficio encaminhado ao complexo policial do Bairro Aratu, por volta das 09h 00 desta quarta-feira (05), emitido pelo diretor, major/PM, César Elpídio do Sacramento Almeida, a acusada de tráfico, Erica de Souza Porto foi flagrada no instante da revista no scanner do raio-x, portando aproximadamente quatro gramas de substância, aparentemente entorpecente (maconha).

O delegado Francisco Carlos de Sá lavrou auto de prisão em flagrante da autora e adotou outras providências de polícia  judiciária.

 

Alô Alô Salomão