ACUSADO DE ROUBAR GARROTE DIZ QUE ACIDENTOU ANIMAL E RESOLVEU APROVEITAR A CARNE

B_opt

A dupla acusada de furto de um garrote foi presa no povoado de Poções, município de Catolândia, no Oeste da Bahia. De acordo com informações da Polícia Militar, os indivíduos Daived Allan Pereira de Souza Lima, 36 anos e Edinaldo de Oliveira Rocha, 41 anos, foram flagrados em atitude suspeita e por isso resolveram revistar o carro em que eles estavam à bordo, onde encontraram o animal esquartejado, uma espingarda, uma faca de açougueiro e um machado utilizados no abate.

D_opt

Quando foram questionados eles disseram aos policiais que tinham acidentado o novilho e resolveram aproveitar a carne. Para tentar ludibriar o delegado Francisco Carlos de Sá, Daived ainda disse que estava com o machado, a faca e a espingarda no veículo, porque pretendia fazer o abate de um porco numa localidade próxima.

C_opt

Os acusados de furto qualificado, porte ilegal de arma e maus-tratos contra animal foram levados para o complexo policial do bairro Aratu e apresentados ao delegado.

A_opt

Daived foi preso em 2010 juntamente com Edson Martins de Lima, 33 anos, conhecido como Carioca, no município de Afogados da Ingazeira/PE, por suspeita de matar a tiros, uma mulher identificada por Andrea Maria Lucas da Siqueira, 40 anos e também já esteve preso por porte ilegal de arma de fogo.

Na ocasião, o crime teria sido encomendado pelo marido da vítima, Nelson João de Siqueira Filho, 42 anos. De acordo com a polícia, o motivo seria a partilha dos bens durante o divórcio do casal.

Postagem: Maylla Mesquita
Alô Alô Salomão

Cimefort