APÓS FURTAR CARRO E DINHEIRO EM BRASÍLIA ESTELIONATÁRIO FOGE PARA BARREIRAS

As investigações que chegaram ao suspeito foram iniciadas a partir da apreensão realizada por policiais da 83ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIMP) de um veículo Citroen/C5, placa ALT 0703 com restrição de furto, o qual foi entregue ao delegado de plantão, Marcos Ludovico, no complexo policial do bairro Aratu, que após criteriosa investigação descobriu que o automóvel tinha sido furtado em Brasília/DF, onde há denuncia registrada pela vítima Samuel Maciel de Freitas, na 23ª Delegacia de Polícia de Ceilândia.

Segundo o delegado, o carro foi apreendido no bairro Vila Regina, em Barreiras/BA, na residência onde estava o estelionatário Edson Menezes Bezerra, natural de Icó-Ce, que afirmava tê-lo recebido numa negociação em permuta com seu ex-vizinho, Samuel. Contudo, após averiguação policial feita por Marcos Ludovico, com apoio dos investigadores de Polícia Civil, da 11ª COORPIN, Adilson Silveira das Chagas e Policarpo Alves Medeiros foi possível descobrir que eram falsas as informações fornecidas pelo suspeito. Em poder dele,  os policiais encontraram diversas notas promissórias, onde tentou falsificar a assinatura de Samuel, de quem havia furtado o veículo, tv, roupas, a importância de R$ 9 mil e outros objetos, em Brasília/DF, em seguida fugiu para Barreiras.

 

No decorrer das diligências, a polícia civil identificou que Edson teria alugado algumas casas nesta cidade e por último negociou a compra de uma cômoda e espaçosa residência, com piscina, pela qual havia prometido pagar a importância de R$ 400.000,00 (quatrocentos mil reais), onde foi encontrado em companhia de seu comparsa, José Wellington Dias Batista. Um dos agentes investigadores ficou surpreso ao descobrir que a proprietária do imóvel assinou o contrato de compra e venda sem receber nenhum centavo das mãos de Edson. “Ele já estava tentando aplicar golpes em outras pessoas, com propostas de vender a casa em parcelas, recebendo valores de R$ 10 mil e R$ 20 mil como sinal”, comentou um dos agentes investigadores.

 

De acordo com outras testemunhas que compareceram ao local, Edson, que portava uma credencial de pastor evangélico no momento da prisão, José e um terceiro ainda não identificado, teriam alugado outro imóvel em Barreiras, de onde furtaram um botijão de gás.

 

A polícia civil informou ainda que, Edson já foi preso por crimes de estelionato em São Paulo, Brasília e em sua terra natal, Icó-Ce. O delegado de polícia instaurou inquérito para apurar o caso e adotará providências de polícia judiciária. “São estelionatários que agiram em Brasília. Tem diversas ocorrências deles lá. Certamente vieram aplicar golpes nesta cidade”.

 

Alô Alô Salomão