ASPRA REPUDIA FORMA DE DENÚNCIA CONTRA POLICIAIS MILITARES DE BARREIRAS

Aspra 000

NOTA DE REPÚDIO DA ASPRA

 

ASPRA REPUDIA ACUSAÇÕES LEVIANAS A PMs e ATITUDE DO COMANDANTE DO 10° BATALHÃO

 

A Associação de Policiais e Bombeiros Militares do Estado da Bahia – ASPRA Bahia, repudia toda e qualquer acusação leviana e covarde em desfavor de policiais militares do Estado da Bahia.

De forma totalmente descabida, inverídica e irresponsável, um contato usando o nome “Marina” vem veiculando, no WhatsApp, acusações evasivas, sem nenhuma veracidade é extremamente graves contra policiais militares.

A ASPRA tomará todas as medidas judiciais cabíveis para responsabilizar a autora na esfera criminal e cível, ao tempo em que se solidariza com cada policial que viu seu nome injustamente correndo nas redes sociais.

Além do mais, a legislação brasileira assegura a todos o direito ao contraditório e ampla defesa e a condenação somente após o trânsito em julgado.

Por tal razão, rechaçamos todo tipo de postura que venha atingir a dignidade do policial militar.

Em tempo, nos manifestamos veementemente contrários a nota do Comandante do 10° BEIC – Batalhão de Ensino Instrução e Capacitação que, ao invés de defender todos os policiais militares, preferiu o individualismo e o isolamento defendendo somente a unidade que comanda dando a entender que as acusações leviana e irresponsavelmente feita, eram verdadeiras.

É preciso lembrar e nunca esquecer que todo policial militar faz parte de um mesmo Orgão, qual seja Polícia Militar do Estado da Bahia. Somos muito mais que uma unidade, somos fruto do todo.

Desta forma, alertamos aos navegantes, se não puderem ajudar….não julguem … Não individualizem… Não discriminem.

Somos uma só família. Deus no controle de nossas vidas.

Por: ASPRA Bahia

Justiça & Liberdade DIREÇÃO EXECUTIVA

Alô Alô Salomão

d´FRUT

d´FRUT