“BACULEJOS” SÃO CONSTANTES NAS RUAS DE BARREIRAS

O trabalho vem sendo realizado diariamente em Barreiras com objetivo de combater o tráfico de drogas, furto/roubo de veículos, porte ilegal de armas e assaltos à mão armada. Quatro jovens foram revistados e tiveram suas bolsas vistoriadas durante “baculejo” às margens do cais, no centro histórico de Barreiras.

Os trabalhos são bem aceitos por grande parte da sociedade, mas provocam insatisfação em quem sofre interceptação em via pública, porque são operações enérgicas, que geram constrangimento, porquanto exigem uso de armas, posicionamento estratégico e muita atenção e cautela dos praças, que temem reação violenta dos agentes abordados.

Para garantir a segurança deles e de quem está por perto no momento da abordagem, os policiais empunham suas armas, exigem que o indivíduo não se mexa e coloque as mãos na cabeça. “Fiquei bastante assustado e envergonhando, mas precisamos entender que é um trabalho necessário. É importante para todos nós”, comentou um jovem que prefere não se identificar.

As ações estão acontecendo em todos os bairros e são voltadas apenas para elementos suspeitos, mas também envolve blitzes no trânsito e batidas policiais em locais que despertam suspeição. Os policiais checam documentos pessoais e de veículos durante as operações.

Postagem: Maicon Dias

Alô Alô Salomão