BARREIRAS: ACIDENTES COMPLICARAM O TRÂNSITO NA MANHÃ DESTA SEXTA-FEIRA (07)

B C 02_opt

O primeiro aconteceu por volta das 07h 00 desta sexta-feira, 07, na curva do “S”, Centro da cidade. Um automóvel de dados ignorados teria invadido o sinal vermelho no semáforo do cruzamento da Rua Severino Vieira com a Ruy Barbosa e atingiu duas motocicletas que transitavam no sentido cais do rio Grande.

B C 04_opt

A condutora de uma das motos, teve fratura numa das pernas e aparentemente sofreu pancada na cabeça, uma vez que, o capacete foi arrancado no momento da colisão. Uma garotinha que era transportada em sua garupa, saiu ilesa do acidente.

B C 05_opt

O condutor do carro, que segundo testemunhas, aparentava ser menor de idade, fugiu sem dar qualquer assistência às vítimas, as quais receberam atendimento do SAMU, sendo encaminhadas para o Hospital do Oeste.

B C 06_opt

Policiais militares registraram a ocorrência e ajudaram controlar o trânsito que ficou bastante congestionado no horário.

20150807060230_opt

20150807210041_opt

O outro aconteceu logo em seguida. Uma carreta bi trem carregada de caroços de algodão, tombou , quando o motorista Edson Santana dos Santos, 42 anos, natural de Jacobina/BA, tentou retornar o veículo, ao transitar no sentido Centro da cidade, depois de ser informado pela Guarda Municipal sobre o acidente ocorrido no semáforo, há menos de um quilômetro de onde estava. “Os guardas municipais me obrigaram fazer essa manobra arriscada”, reclamou o profissional do volante.

20150807060238_opt (1)

Ele mora em Barreiras, no bairro Jardim Ouro Branco, mas fez à carga por volta das 05h 30 desta sexta-feira, 07, em Luis Eduardo Magalhães e tinha como destino à cidade de Juazeiro/BA.  O fato se deu aproximadamente às 07h 00, no momento em que ele tentava passar pelo Centro da cidade. O município proíbe que veículos de grande porte circulem pela via onde aconteceu o tombamento, mas não instalou placas de sinalização para orientar os motoristas.

20150807162914_opt

20150807210036_opt

O pai de Edson, o senhor José Almeida chegou ao local ofegante, após tomar conhecimento do acidente, em busca de notícias do filho. “É falta de profissionalismo dos Guardas Municipais, orientá-lo a fazer essa volta, numa contra mão, o retorno que teve de fazer” ressaltou bastante nervoso.

20150807060235_opt

O motorista não se machucou, porém, calcula que a transportadora onde trabalha teve um prejuízo material de pelo menos R$ 50 mil. A Polícia Militar esteve lá para registrar o fato.

Fotos e postagem: Josélia Brito

Alô Alô Salomão 

cimefort