BARREIRAS: CÂMARA APONTA DEFICIÊNCIAS NOS SERVIÇOS PÚBLICOS MUNICIPAIS

Image00003

Na primeira sessão da semana na última terça-feira (07), os vereadores debateram temas de grande importância para a população barreirense. Foram apontadas deficiências na infraestrutura, saúde, educação, e também, a feira do peixe e a federalização da educação básica pautaram os debates.

Na abertura dos trabalhos o presidente Tito, anunciou o convite do Poder Legislativo à secretária de saúde Regina Rocha Figueiredo Nogueira para ocupar a Tribuna Popular para prestar novos esclarecimentos pertinentes à pasta da qual é titular, informou ainda sobre a segunda reunião da Comissão de Organização do evento para instalação do Comitê Regional do Oeste da Bahia pela Federalização da Educação Básica no Brasil, com a presença do senador pelo Distrito Federal Cristovam Buarque, para qual estendeu convite a todos os vereadores.

Iniciado o Grande Expediente, ocupou a tribuna o vereador Lúcio Carlos (SD), que em seu pronunciamento registrou o abandono na infraestrutura da cidade, especialmente na periferia, para o vereador, tal abandono configura o mais puro desrespeito a população.

O vereador Aguinaldo Júnior (PT do B), pronunciou-se para parabenizar a prefeitura na pessoa do secretário Amorim, pela realização da feira do peixe (Fest Peixe), na semana santa. Já o vereador Vivi Barbosa (PC do B), agradeceu ao prefeito pela realização de encascalhamento de vias no bairro Vila Rica.

Por seu turno, Karlúcia Macêdo (PMDB), parabenizou a Revista A, em sua 27ª edição, de março de 2015, por homenagear um dos músicos mais tradicionais de Barreiras, João do Biriba “o pen drive humano”.

A vereadora Beza (PSC), manifestou-se contrária ao Projeto de Lei de autoria do Executivo que propõe a doação de uma área para a ONG LOBO, na saída para São Desidério, por entender que a ONG merece ser contemplada com uma área, mas discorda da localização.

O vereador Eurico Queiroz (PPS), relator da Comissão de Finanças, Orçamento, Contas e Fiscalização, usou da palavra para dizer que protocolou na manhã da terça-feira, o parecer referente às contas do Poder Executivo, relativas ao exercício financeiro de 2012.

Usando da palavra, a vereadora Marileide Carvalho (PSL), congratulou-se com o presidente Tito pela iniciativa do debate sobre a federalização da educação básica, dizendo acreditar nesta propositura como uma porta de saída para superação dos entraves da educação no Brasil, ela ainda defendeu a necessidade da implantação em Barreiras de um centro de acolhimento para menores infratores.

O vice-presidente Digão Sá (PP), falou da insegurança pública que acomete toda a cidade, e relatou o desprazer de presenciar um crime com mais de nove disparos de arma de fogo nas imediações da orla do cais no centro histórico da cidade, na noite de segunda-feira (06), e reforçou o apelo para que a sociedade se levante na busca de soluções para o enfrentamento à violência.

Em seu pronunciamento, o líder da oposição Alcione Rodrigues (PHS), pediu a retirada de pauta do projeto de autoria do Executivo, que versa sobre a doação de área para a ONG LOBO, objetivando oportunizar a prefeitura nova definição de área, para que a propositura não se perca sofrendo uma derrota na votação, uma vez que a grande maioria dos vereadores já haviam se manifestado contrários a doação da referida área.

Passados a Ordem do Dia, que teve sua pauta reduzida a pedido, restaram aprovadas apenas indicações. Em fala conclusiva dos trabalhos o presidente Tito disse que a apresentação do parecer da Comissão de Finanças, Orçamento, Contas e Fiscalização, no dia de hoje, referente às contas do Poder Executivo relativas ao exercício de 2012, deixa claro que em nenhum momento a Mesa Diretora da Câmara retardou a tramitação dessa matéria, bem como em pautar as contas passivas de voto pelos vereadores.

“Seguiremos com absoluta tranquilidade, primando por cumprir rigorosamente o Regimento Interno da Câmara, sem açodamentos, bem como sem ceder a pressões ou atos de desrespeito por parte do Poder Executivo a este Poder Legislativo, para pautar qualquer matéria que seja.” afirmou o presidente Tito.

Por: ASCOM – Câmara Municipal de Barreiras

Alô Alô Salomão

 

 

BEL GUINCHO