BARREIRAS: EX-PRESIDIÁRIO QUE TRABALHAVA COMO GARI É MORTO A TIROS NO BAIRRO SÃO MIGUEL

20150729142446_opt

Com o crime da tarde desta quarta-feira, 29, quarenta e seis pessoas foram assassinadas em Barreiras em 2015. O gari Edimar de Jesus Santana, 25 anos, foi atingido com um tiro no ouvido e outro na altura do osso omoplata do lado esquerdo. No momento, ele estava usando o uniforme da limpeza pública.

O crime ocorreu por volta das 13h 00, quando a vítima transitava em sua motocicleta pela Avenida Joaquim Neto, no bairro São Miguel, perto da divisa com o Vila Brasil. Segundo informações da Polícia Civil, populares alegam ter ouvido os tiros, logo em seguida, o barulho de uma moto saindo em alta velocidade.

DSCF0850_opt

O Perito Mauro Medeiros informou que nenhuma cápsula de bala foi encontrada e ainda não há como identificar o tipo de arma usada na suposta execução.

DSCF0847_opt

Antes que a Polícia Militar e equipe de perícia chegassem ao local, a motocicleta de Edimar foi levada por elemento não identificado. “É muito cedo para falarmos sobre a motivação do crime. Estamos buscando informações sobre o caso, que a partir de agora passa a ser investigado pela equipe da DHPP”, disse o agente investigador Policarpo Medeiros.

Edimar possuía extensa ficha criminal. Em 28 de agosto de 2013 um rapaz terminou preso quando levava droga para ele na cadeia pública de Barreiras; o mesmo estava na lista de 34 prisioneiros da cadeia pública de Barreiras, que fugiram na madrugada de 07 de novembro de 2012. Foi acusado de participar de motins e até assassinato na carceragem, até ser transferido para Salvador, onde cumpriu pena na Colônia Penal Lafayete Coutinho.

DSCF0845_opt

O município, com mais de 150 mil habitantes, teve aumento acentuado no número de assassinatos entre 2014 e 2015. Suspeita-se que o tráfico e o consumo de drogas, sobretudo, o crack, seja a causa principal.

 

Postagem: Joselia Brito

Alô Alô Salomão

BANNER-01_opt