BARREIRAS: MULHER QUE MATOU O COMPANHEIRO DE CONVÍVIO JÁ ESTÁ SOLTA

0111

Fátima Dejane Dourado e Azevedo Silva, 43 anos, autora do assassinato do próprio companheiro de convívio, Argileu da Silva Souza, conhecido por Léo, de 23 anos, foi solta ontem pela manhã, de acordo com a polícia civil de Barreiras, em cumprimento a ordem judicial e deve responder pelo crime em liberdade.

022

A tentativa de homicídio ocorreu na manhã de segunda-feira, 15, na Rua Humaitá, Centro Histórico de Barreiras/BA, mas Argileu morreu no Hospital do oeste na tarde do mesmo dia. Fátima desferiu um golpe de
faca contra o amasiado e foi presa em seguida numa ação da Polícia Militar.

033

A acusada alega que era agredida por ele com frequência.Há, inclusive, registro de boletim de ocorrência na delegacia de um dos casos. No dia do homicídio, vizinhos teriam presenciado Léo fazendo consumo de cerveja na porta da residência, e logo após, ouviram Fátima dizendo que tinha sido agredida com um tapa no rosto e terminou reagindo.

055

 

044

Alô Alô Salomão

Image000101-659x320-659x320