Barreiras: Polícia Civil registra caso de crime ambiental e flagrantes por porte ilegal de arma de fogo

No resumo de ocorrências do complexo policial do bairro Aratu em Barreiras, a Polícia Civil declara que foram registrados dois casos de prisão em flagrante por porte-ilegal de arma de fogo de uso permitido e uma ocorrência de crime ambiental. O plantão da delegacia foi coordenado pelo delegado Erick Otaviano.

No Boletim de Ocorrência de porte ilegal de arma de fogo, consta que, Luis Felipe dos Anjos Almeida, de 18 anos e Ednaldo Messias dos Santos, de 21 anos, trafegavam numa motocicleta, momento em que, Felipe retirou um revólver 38 da cintura e jogou no chão. A arma estava com quatro munições intactas. A Polícia Civil revelou que o usuário da arma já possui passagem pela delegacia por tráfico de drogas. Também ressalta que, a dupla é suspeita de roubos no Distrito de Roda Velha e outras localidades na zona rural de São Desidério.

No caso de crime ambiental, descreveram na ocorrência que, uma mulher  foi conduzida ao complexo policial do bairro Aratu, por policiais militares, porque seu esposo mantinha em sua residência, cinco pássaros silvestres em cativeiro, sendo: três curiós, um pássaro preto e um periquito.

Alô Alô Salomão