BARREIRAS: POLÍCIA RODOVIÁRIA ESTADUAL PRENDE ACUSADOS DE CRIME AMBIENTAL

Image00009

A Polícia Rodoviária Estadual da Bahia prendeu na tarde deste domingo, 08, na região da cachoeira do “Acaba Vida”, o cabeleireiro Cícero de Sá Brito, natural de Xique-Xique/BA, de 35 anos por transportar em seu Fiat/Uno, cor prata, com placa de Luis Eduardo Magalhães, três gaiolas e dois Alçapões, com dois curiós, dois pintassilgos e uma pombinha morta a tiro. Ele estava em companhia do mecânico Miguel Bezerra Campos Junior, de 34 anos, que portava ilegalmente uma espingarda de fabricação caseira (chumbeira).

Image00002

Image00010
O delegado José Romero liberou os dois acusados após interrogatório. Miguel pagou fiança inferior a um salário mínimo pelo porte ilegal de arma de fogo. “No caso de Cícero lavramos apenas um Termo Circunstanciado de Ocorrência e encaminhamos o caso ao juizado responsável”, ressaltou.

Image00007
Os pássaros, gaiolas e alçapões apreendidos, serão encaminhados para algum órgão ambiental de Barreiras/BA, na manhã desta segunda-feira, 09. Na recepção da delegacia, os animais aparentavam estar bastante estressados.

Image00003
De acordo com a Lei ambiental em seu artigo 29, matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida, prevê pena de detenção de seis meses a um ano, e multa. “A pena é muito branda pra essa modalidade de crime”, concluiu o bacharel.

Image00004

Image00005

Image00008

Alô Alô Salomão

Image00005