BARREIRAS REALIZA MONITORAMENTO DE COBERTURA VACINAL

cartão de vacina_opt

Amanhã, 18 de novembro é o último dia em que equipes da Coordenação do Programa de Imunização – Copin, em parceria com agentes comunitários de saúde de Barreiras trabalham em todos os bairros da cidade para realizar o Monitoramento Rápido de Cobertura Vacinal – MRC. A proposta, lançada pelo Ministério da Saúde, quer apurar se a cobertura vacinal dos municípios brasileiros está compatível com a realidade apresentada nos relatórios enviados pelos municípios.

O monitoramento consiste na investigação de cartões de vacinação de crianças na faixa etária de seis meses a quatro anos de idade. No caso de Barreiras, serão analisados 25 cartões por sala de vacina. Como existem 20 salas em funcionamento, um total de 500 cartões serão investigados para saber se as imunizações sugeridas estão em dia.

Para realizar o trabalho, agentes comunitários de saúde fazem uma triagem nas áreas de atuação identificando o publico na faixa etária sugerida. Depois, equipes da Copin vão até as casas onde há crianças com vacinas em atraso e atualizam os cartões vacinais com a aplicação das doses. Os dados coletados serão enviados para o Programa Nacional de Imunização que, por sua vez, fará um comparativo com os números já existentes.

“Esta é uma forma para realmente sabermos se a cobertura vacinal está baixa, ou, não e, principalmente conhecermos os motivos pelos quais uma criança não foi vacinada”, diz a coordenadora da Copin em Barreiras, Isabel dos Apóstolos.

Fonte: ASCOM/Barreiras

Alô Alô Salomão

 

Atlantis piscinas 02