BARREIRAS REGISTRA DOIS HOMICÍDIOS E MORTE POR INTERVENÇÃO POCIAL NO FINAL DE SEMANA

Edivan dos Santos Silva, 26 anos, natural de Barreiras, foi morto durante intervenção policial da CIPE/Cerrado, por volta das 22h 00 de sábado (21), no povoado Cerradão, zona rural de Barreiras/BA.

De acordo com relato policial, Edvan estava sendo procurado por tentativa de homicídio contra um homem identificado pelo prenome “Gelson”, e teria efetuado disparos de arma de fogo contra os policiais, ao avistar a viatura em diligência. Houve revide e o mesmo terminou alvejado e morto pela guarnição. No local do fato, a polícia apreendeu um revólver e duas cápsulas picotadas de calibre 38, uma espingarda de fabricação artesanal, dois pinos contendo substância análoga a crack embalados com papel alumínio e um aparelho celular.

O caso foi registrado no plantão comandado pelo delegado Marcos Ludovico, no complexo policial do bairro Aratu.

Homicídios

No início da madrugada deste domingo (21), por volta de 01h 00, na Rua 24 de outubro, esquina com a Rua José de Alencar, no Centro da cidade, Mário Antonio Pereira de Souza Junior, 26 anos, natural de Barreiras/BA, foi morto a tiros por homem ainda desconhecido. Segundo declaração da companheira de convívio da vítima, a senhora Priscila Bianca, no momento do crime, ambos consumiam bebida alcoólica em bares da redondeza, ocasião em que Mário saiu para conversar com um desconhecido, que, instantes depois, sacou um revólver calibre 38 e efetuou dois disparos, a queima roupa contra ele, evadindo-se do local em seguida.

Em conversa com a Polícia Civil, Priscila ressalta que foi ao encontro de Mário e viu quando o mesmo conversava com o estranho, o qual ‘puxou’ a arma de forma inesperada e atirou.

Chegou ao conhecimento dos plantonistas do complexo policial do bairro Aratu, nesta cidade, através do CICOM, a notícia de um homicídio nas “Casinhas do Bairro Boa Sorte”, na Rua ‘K’, Quadra ‘N’. O delegado Marcos Renato Ludovico, agentes investigadores e uma equipe do Departamento de Polícia Técnica foram até o endereço, onde constataram a veracidade da informação e encontraram o corpo de Leonardo Douglas Lopes da Silva, de 31 anos, morto, caído em via pública, com barriga para cima (decúbito dorsal), contendo perfuração de arma de fogo na coluna vertebral. No local, foram encontrados cinco estojos de calibre 38. O corpo foi removido para o IML/DISEP. Não há informações sobre a autoria do crime.

Leonardo já havia sido preso por furto, porte ilegal de arma de fogo, direção perigosa no trânsito, briga de gangues, tráfico e uso de drogas.

 

Alô Alô Salomão