BARREIRAS REGISTRA MAIS UM CRIME DE EXECUÇÃO E O MUNICÍPIO COMPLETA 45 HOMICÍDIOS EM 2015

DSCF0779_opt

Ao acompanhar o trabalho de perícia no local do crime, o delegado Francisco Carlos de Sá disse que já deu início as investigações para apurar a morte do funcionário da empresa Pérola, Thiago Ramos Sodré da Silva, 27 anos, executado a tiros na noite desta terça-feira, 28, por volta das 19h 00, na Rua Vasconcelos, bairro Santa Luzia, Barreiras/BA.

DSCF0796_opt

As primeiras informações do bacharel apontam que o crime teria sido cometido por dois homens, a bordo de uma moto de cor vermelha de placa não identificada. O carona teria efetuado aproximadamente oito tiros na nuca e nas costas do motociclista.

DSCF0791_opt

No local do crime, o perito do Instituto Médico Legal do município, Mauro César Medeiros encontrou cápsulas de munição ponto 40. Populares disseram que as motos estavam em alta velocidade, com isso, presume-se que a vítima vinha sendo perseguida até o ponto de execução.

O rapaz caiu com os primeiros tiros, morrendo com capacete na cabeça ao lado de sua motocicleta e estava com uniforme da empresa onde trabalhava.

DSCF0792_opt

Pai dele, o senhor Juraci Pereira da Silva compareceu ao local do crime e estava inconsolado com a trágica morte. “Nunca soube que meu filho tivesse envolvimento com coisa errada. Não sei por que fizeram isso com ele”, lamentou aos prantos.

DSCF0772_opt

O corpo da vítima foi removido para o IML do complexo policial do bairro aratu, onde será examinado.

DSCF0802_opt

Carlos de Sá acha bem provável que a morte de Thiago tenha relação com os homicídios e tentativas de homicídios ocorridas na noite de sábado, 25, que tiveram os vizinhos de Thiago como vítimas. Um deles foi Eduardo Amadori  Viganó, o Galeguinho, morto com tiros de pistola 9 mm, nas proximidades do Atacadão. Sua esposa, Barthira Silva Campos, de 22 anos também ficou ferida. Ao ser atacado a tiros, o casal trafegava pela BR 242, no sentido centro, em um Saveiro de cor amarela.

No outro assassinato, a vítima identificada por Francisco do Nascimento Almeida, apelidado de Chico da Carroça, 32 anos, atingido com tiros de ponto 40, na Rua Recanto do Rio, bairro Xurupita.

O município de Barreiras já registrou 45 homicídios em 2015. A média é de 6, 42 casos por mês. Provavelmente a maior já registrada em todos os tempos.

Fato relacionado: POLÍCIA INVESTIGA RELAÇÃO DOS CRIMES DE HOMICÍDIOS OCORRIDOS NA NOITE DE ONTEM

Alô Alô Salomão

BOUTICÃO-Cópia1-659x439 - Cópia (2)_opt