Bombeiros militares iniciam segunda turma de Atendimento Pré-Hospitalar

Atendimentos cada vez mais precisos e céleres, são preocupações do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA), pensando nisso, foi iniciado, na tarde desta segunda-feira (10), o II curso de Atendimento Pré-Hospitalar (APH), na Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. O objetivo é fazer com que os participantes tenham mais precisão nos atendimentos, pois a recuperação começa no primeiro atendimento.

Com uma palestra sobre “O Atendimento Pré-Hospitalar Como Forma de Redução da Morbi Mortalidade“, o tenente-coronel, Júlio Nascimento, destacou a importância do atendimento rápido e preciso. “Não vale a pena termos equipamentos de última geração se não tivermos homens e mulheres capacitados para realizar os atendimentos. Dando uma assistência de qualidade, a vitima pode ter uma capacidade efetiva de recuperação”, explicou Nascimento durante a aula inaugural.

O coordenador das aulas, o major Rogério Cerqueira, comandante do 12° Grupamento de Bombeiros Militar/Salvar (12°GM/Salvar), também destacou a importância dos aperfeiçoamentos. “Por isso nos preocupamos não apenas com a parte teórica, mas priorizamos as atividades praticas e vamos realizar simulados. Nosso objetivo é que os alunos tenham o melhor e que saiam daqui muito bem capacitados, preparados para as mais diversas situações, pois quem ganha com isso é a sociedade”, completou.

As aulas acontecem na Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública e tem carga horária de 210 h/a, distribuídas em teóricas e práticas. Trinta alunos participam do aperfeiçoamento, 28 bombeiros militares e dois integrantes de outras forças (marinha e exército).

Veja mais:

Alô Alô Salomão.