CADEIA JÁ FOI REFORMADA E PRESOS SÃO REALOCADOS PARA SUAS CELAS

DSC08886_opt

A cadeia pública do bairro Aratu, no município de Barreiras, oeste da Bahia, recebeu novos cadeados, total restauração de paredes e grades das celas destruídas durante a rebelião ocorrida entre o final da tarde e noite deste domingo, 02. A Coordenadoria Regional de Polícia contratou uma equipe de serralheiros e pedreiro que rapidamente conseguiu reparar os estragos.

Apesar de estar enfrentando sérios problemas de superlotação que, reunido à falta de segurança tem facilitado esquemas de fuga, os delegados não possuem outra alternativa, a não ser corrigir os estragos causados pelos detentos a cada manifestação.

O delegado Francisco Carlos de Sá, titular da 1ª Delegacia Seccional realizou mais uma vistoria em todas as celas para averiguar a suspeita de existir ferramentas ou outros objetos eventualmente utilizados para serrar cadeados, grades e confeccionar armamentos como chuços, facas e soqueiras.

“A vistoria ocorreu com apoio da Polícia Militar, mas graças às revistas preventivas que temos realizado nos últimos meses, em consequência das insistentes tentativas de fuga, nada encontramos desta vez”, revelou.

A rebelião foi deflagrada depois que alguns detentos pediram atendimento médico, com queixas de problemas de saúde, e não foram correspondidos. O delegado promete apurar denúncias de mau atendimento oferecido por servidores que cuidam do setor de custódia.

Disse ainda que vai solicitar ao poder Judiciário a adoção de providências quanto aos detentos julgados e condenados, os quais já deveriam ter sido encaminhados para cumprimento de penas em presídios, mas permanecem numa cadeia. “Eles precisam ser encaminhados para Salvador para cumprir suas penas em regime penitenciário. As prisões ocorrem todos os dias e temos 146 detentos em um local com capacidade para 28”, observou.

Os presos foram realocados para suas respectivas celas, ao final da tarde desta segunda-feira, 03.

Matérias Relacionadas:  AGENTES DEFENDEM A INTERDIÇÃO DA CADEIA PÚBLICA DE BARREIRAS

                         PRESOS FAZEM NOVA REBELIÃO NA CADEIA PÚBLICA DE BARREIRAS

Alô Alô Salomão

 

REFRIGERANTE D'FRUT