CÂMARA CONCEDE REAJUSTE SALARIAL PARA SERVIDORES

unnamed (1)_opt

Na sessão desta terça-feira (13/05), ocorreram importantes debates avaliando a audiência pública realizada pelo Poder Executivo na noite da segunda-feira (12), que discutiu o transporte público de passageiros no município e outras temáticas ligadas ao dia a dia da comunidade.

Por seu turno, o vereador Otoniel Teixeira (PC do B), manifestou sua preocupação com a ausência de pontos cruciais que envolvem o transporte coletivo em Barreiras, e que isto pode atrapalhar o processo licitatório deste serviço. O vereador mais uma vez saiu em defesa dos moradores das comunidades da zona rural do município e questionou sobre a falta de cobertura destes transportes nestas localidades, bem como a maneira como foi realizada esta pesquisa que lastreia o projeto nas comunidades onde não há transporte coletivo, e como serão tratadas estas linhas na licitação.

O vereador Alcione Rodrigues (PHS), ampliou a preocupação do colega comunista, pedindo atenção do parlamento aos pontos levantados pelo promotor público Dr. Eduardo Antônio Bittencourt Filho, especialmente no que se refere a ônibus preparados para atender aos portadores de necessidades especiais, entre outros.

Após tecer elogios pela realização da audiência pública, a vereadora Marileide Carvalho (PSL), trouxe ao debate a precária realidade da sinalização semafórica de Barreiras, segundo a camarista, ha problemas na maioria dos semáforos da cidade e que em contato com o secretário de Transporte e Serviços Públicos disse não ter resposta satisfatória que aponte para solução, o que é muito preocupante, afirmou Marileide.

Já na ordem do dia foi aprovado em dois turnos de votação o Projeto de Lei de autoria da Mesa Diretora que concedeu reajuste de 8% aos servidores efetivos da Câmara Municipal. O reajuste é retroativo a 1º de abril, mês da data base.
Em fala conclusiva dos trabalhos da noite, o presidente Tito, disse que o trabalho da Mesa Diretora se concentrou em um percentual muito maior que os 8% oferecidos, o que não foi possível se efetivar em função do crescimento vegetativo da folha face às concessões das progressões horizontal e vertical, obrigatórias e legalmente previstas, que já vem sendo concedidas e continuarão em percentuais de 4 a 20%.

Segundo o presidente Tito, além do reajuste e das concessões já efetivadas, a Mesa Diretora apresentará Projeto de Lei revisando as tabelas salariais dos servidores efetivos, por considerar esta uma das suas principais conquistas à frente da gestão da Câmara Municipal, pois a valorização dos servidores é imprescindível para o bom desempenho e funcionamento do Poder Legislativo.

ASCOM – Câmara Municipal de Barreiras

Alô Alô Salomão

 

ESCOLA SJOSÉ