Capacitação e disseminação de conhecimentos marcaram a Semana do Feirante, em Barreiras

Em comemoração à Semana do Feirante realizada de 24 a 30 de agosto, a Prefeitura de Barreiras por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Tecnologia preparou uma vasta programação destinada aos feirantes que atuam na cidade. A abertura contou com o bolo em homenagem ao dia destinado aos profissionais da área e o encerramento foi com o lançamento da Feirinha Zé Buriti, no bairro Morada Nobre, no sábado (30). Ações nas áreas da saúde e assistência social integraram a programação, que contou ainda com oficinas e capacitações para os feirantes.

Em parceria com o Sebrae foram realizadas, na Câmara Municipal, oficinas para otimizar o potencial de vendas e negócios dos profissionais que lidam com a comercialização de produtos nas feiras instaladas em Barreiras. Durante dois dias, o plenário legislativo esteve lotado, e os feirantes conheceram mais detalhes sobre a atividade e aprenderam novas formas de impulsionar os seus negócios com as orientações da consultora e instrutora do Sebrae em RH e Marketing, Gardênia Cunha.

O primeiro dia foi destinado aos comerciantes das áreas de hortifruti e carnes, já no segundo dia, participaram os de cereais e confecções. “A proposta de aperfeiçoamento integra as ações do Programa Desenvolve Barreiras e Projeto Vale Produtivo, que já executou obras de melhorias e adequações nas instalações do Centro de Abastecimento e prevê, neste segundo semestre mais uma etapa. Tudo isso pensando na humanização do espaço e na qualificação de quem lá trabalha”, destacou o secretário de agricultura, José Marques.

Para o subsecretário de agricultura, Rider Castro, o apoio que a atual gestão oferece aos feirantes tem início no preparo da terra até a comercialização dos produtos, como forma de promover o fortalecimento da atividade. “O Vale Produtivo garante o calcário, implementos agrícolas, assistência técnica para a produção de alimentos, além da requalificação das estradas e pontes na zona rural para transporte da produção. Já aqui em Barreiras, os feirantes contam com um espaço organizado e com a profissionalização, em oficinas como esta, que auxiliam na busca pela excelência na atividade”, finalizou.

Dircom

Alô Alô Salomão