Com estradas recuperadas, turistas e barreirenses desfrutam das Cachoeiras do Acaba Vida e Redondo

 

Formada pelas águas cristalinas do Rio de Janeiro no relevo do Cerrado, e inacessíveis durante anos pela falta de estradas, um dos mais belos cartões postais de Barreiras, a Cachoeira do Redondo, agora passa a ser acessível a turistas, barreirenses e visitantes. Foi o que aconteceu no feriado de 02 de agosto, Dia do Evangélico, quando o balneário natural recebeu a visita de famílias inteiras que desfrutaram as belezas da linda cachoeira.

“É um local lindo, maravilhoso e ideal para fazer também atividades esportivas em contato com a natureza, além de nadar e tomar banho. A estrada é de fácil acesso e por isso eu indico a todos esse ponto turístico de Barreiras”, disse a enfermeira Luciane Barreto, em visita à Cachoeira do Redondo.

Localizada na chamada Rota das Cachoeiras (antiga BA-827), que liga a BA-459 as regiões da Mata da Cachoeira, Chico Preto, Vau do Teiú, Ilha da Liberdade e Cantinho do Senhor dos Aflitos a BR-135. A Cachoeira do Redondo fica a 90 quilômetros de Barreiras via BR-020/Posto Cerradão. A Prefeitura de Barreiras através do Programa Desenvolve Barreiras,dentro dos projetos Vale Produtivo (Agricultura) e Barreiras Bonita Por Natureza (Meio Ambiente e Turismo), reconstruiu completamente os 19 quilômetros de estrada que liga a BA-459 à cachoeira, as obras incluíram reabertura da estrada, remoção dos bancos de areia, encascalhamento e terraplanagem.

“Esse é um investimento de fundamental importância para criarmos condições de potencializar o turismo ecológico e já começa produzir frutos. Os visitantes estão lotando as Cachoeiras porque a estrada está em boas condições para veículos de todos os tamanhos. Empresas de turismo também se beneficiam com a possibilidade de fechar mais grupos de passeio, contemplando os dois locais em um único dia. Nosso objetivo é valorizar ainda mais o turismo ecológico, facilitando a trafegabilidade nesses pontos com mais conforto e segurança”, destacou o secretário de meio ambiente e turismo, Demósthenes Júnior.

As cachoeiras do Redondo e do Acaba Vida são consideradas, junto com o Rio de Ondas e o Rio Grande, os principais cartões postais de Barreiras. A Acaba Vida possui 36 metros de queda d’água. A Cachoeira do Redondo, além de uma queda d’água deslumbrante, possui uma grande piscina natural. A comerciante, Elen Santos, esteve na Cachoeira do Redondo pela primeira vez, depois de saber por meio de amigos que a estrada estava em condições de tráfego.

“Apesar de ser barreirense, nunca tinha vindo à Cachoeira, fiquei encantada pelo lugar, fácil acesso e muito tranquilo. A Cachoeira do Redondo é linda, perto da cidade e incrível. Sei que poucas pessoas conhecem, depois das obras ficou mais fácil vir e se encantar, foi uma grata surpresa ver a estrada como está e conhecer a beleza deste lugar”, comentou a comerciante.

De acordo com o prefeito Zito Barbosa que esteve na região no dia 11 de julho, após a reconstrução dos 19 quilômetros que liga a BA-459 à Cachoeira do Redondo, passando antes pela Cachoeira do Acaba Vida, o trabalho das equipes agora se concentram na reconstrução dos 40 quilômetros de estrada vicinal que interliga as cachoeiras ao povoado de Chico Preto.

“O trabalho da prefeitura nessa região, tem dois vetores de fundamental importância, assegurar perfeitas condições de trafegabilidade aos moradores e agricultores, depois de décadas de isolamento, bem como possibilitar acesso a essas belíssimas cachoeiras que são patrimônios naturais do nosso município, especialmente a cachoeira do Redondo que era a mais isolada. Desta forma, estaremos criando as condições para potencializar o turismo e ao mesmo tempo possibilitar que os agricultores dessa região possam transportar sementes, insumos e a produção com mais facilidade”, disse o prefeito.

Dircom

Alô Alô Salomão