Combate ao Covid-19: cerca de 18 mil máscaras são distribuídas no Ceasa e Mercados Públicos do Estado

Nos últimos dois meses, 17,7 mil máscaras foram distribuídas a clientes e permissionários do Centro de Abastecimento do Estado (Ceasa) e dos Mercados Públicos do Estado – Paripe, Ogunjá e Rio Vermelho (“Ceasinha”). A ação fez parte do pacote de medidas de combate à pandemia do coronavírus praticado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), em parceria com a Secretaria do Planejamento (Seplan) e o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMB). A força tarefa também realizou desinfecção total dos centros de abastecimento no mês de junho, devido ao aumento de fluxo por conta dos festejos juninos.
“Nesta atual crise que estamos vivendo, muitas pessoas não podem ficar em casa para aderir ao distanciamento social, são trabalhadores que precisam levar o sustento para a sua família. Sendo assim, estamos juntando esforços para conseguir fazer toda a distribuição devida destes itens de proteção facial. Nosso objetivo é reduzir a curva do contágio aqui no Estado e proteger a população baiana. Lembramos que é obrigatório o uso da máscara dentro desses estabelecimentos”, destaca o vice-governador, João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico.
Do total de máscaras distribuídas, 4,5 mil foram confeccionados e doadas por costureiras da Associação Beneficente Nova Esperança (Abene), que fica situada numa comunidade vizinha ao Ceasa.
“O Governo da Bahia tem realizado a distribuição sistemática de máscaras, como forma de ampliar a proteção da população contra o Coronavírus. Por isso, além dessas distribuições em mercados, feiras e centros de abastecimento, enviamos máscaras para municípios em toda a Bahia, inclusive com a distribuição de milhares de unidades para fortalecer ações sociais de Secretarias e Órgãos do Estado”, ressalta o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro.
“Temos atuado em todo o Estado com a entrega das máscaras. Nossa meta é chegar ao maior número de pessoas possível, para evitar a proliferação da Covid-19.  Além dos mercados públicos e feiras livres, entregas também são realizadas em comunidades carentes, quando levamos os kits com alimentos não-perecíveis e materiais de higiene pessoal”, explica o comandante-geral do CBMBA, coronel BM Francisco Telles.
A SDE informa também que neste mês de julho, mais um lote de máscaras será distribuído no Mercado das Sete Portas, uma segundo desinfecção total ocorrerá no Ceasa e outras ações preventivas serão realizadas para manter os cuidados contra o Covid-19.
Ascom 
Alô Alô Salomão