COMEÇAM AS OBRAS DO PRESÍDIO REGIONAL DE BARREIRAS

limpeza-terreno_opt

Finalmente estão começando as obras do CDP – Centro de Detenção Provisória de Barreiras, com capacidade para 533 detentos. O prazo para o término das obras da prisão modular é de seis meses após a conclusão da terraplanagem. Segundo informações não confirmadas, o Governo do Estado construirá 11 novos CDPs em todo o Estado e, pronta a obra de Barreiras, será a vez de Luís Eduardo Magalhães, com uma custódia para 286 detentos. A conclusão do CPD de Barreiras trará para Barreiras pessoal da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), liberando os policiais que hoje estão ocupados na custódia dos detidos. Só isso já significará um aumento de efetivo para o verdadeiro trabalho da Polícia Judiciária, que é investigação e instrução de inquéritos.

prisc3a3o-1_opt

Um presídio modular em fase de montagem.

A obra de Barreiras está orçada em quase R$22 milhões e a de Luís Eduardo Magalhães, em R$10,3 milhões. Veja nota técnica emitida pela SEAP em 26/ setembro/ 2013:

nota-tc3a9cnica_opt

Fonte: Jornal O Expresso

Fotos: Ilustrativas

Alô Alô Salomão

 

CHURRASCARIA BOI BONITO