COOPERATIVA DO OESTE GANHA PRÊMIO DE MELHOR MEL DA BAHIA

unnamed_opt (1)

Ibotirama – A Cooperativa Regional de Apicultores do Médio São Francisco (Coopamesf), localizada em Ibotirama, ganhou o prêmio por produzir o melhor mel da Bahia. A premiação ocorreu durante o VI Congresso Baiano de Apicultura e Meliponicultura, em Ilhéus, na última sexta-feira, 10, sendo promovido pela Ceplac, Governo do Estado da Bahia, Confederação Brasileira de Apicultura e Federação Baiana de Apicultura e Meliponicultura.

O presidente da Coopamesf, Balbino de Almeida Souza, conta que esse foi um importante passo para que os apicultores mostrem a qualidade do mel produzido na região. “Queremos nossos produtos conhecidos pela marca de qualidade, que agrega valor no Brasil e no mundo”, manifestou.
A cooperativa conta com 92 sócios distribuídos em 16 municípios do Oeste da Bahia e tem o mel e cera de abelha como principais produtos comercializados. Somente nos quatro primeiros meses deste ano, a Coopamesf exportou 30 toneladas de mel para os Estados Unidos, Alemanha e França, representando uma venda de R$ 218 mil.

O Sebrae teve incisiva participação no processo de criação da cooperativa. A instituição oferece aos apicultores consultoria e capacitação para potencializar o trabalho coletivo, a profissionalização da gestão, a qualidade no beneficiamento do mel e a comercialização dos produtos para outros países e municípios.

O gerente regional do Sebrae Barreiras, Emerson Cardoso, pontua que, além dos trabalhos de consultoria e assessoria em gestão, foram realizadas clínicas tecnológicas, acompanhamento das etapas de produção e ações de acesso a mercados. “Sem o protagonismo dos seus associados e o profissionalismo da cooperativa, não conseguiríamos alcançar este resultado. Estamos felizes pelo reconhecimento e motivados a continuar contribuindo para a competitividade desse empreendimento”.

Presente em todos os 27 Territórios de Identidade do Estado da Bahia, a atividade apícola vem impactando positivamente as economias locais. Atualmente os Territórios Nordeste II, Extremo Sul, Sisal, Velho Chico, Sertão do São Francisco, Piemonte Norte do Itapicuru, Vitória da Conquista e Bacia do Jacuípe se destacam no cenário estadual apícola, pela quantidade de apicultores que se dedicam a atividade, organizados em suas entidades representativas.

Por: Luciane Souza

Postagem: Joselia Brito

Alô Alô Salomão

SNC