CORPO ENCONTRADO NO ALPHAVILLE É DE ESTUDANTE DE ENFERMAGEM DA FASB

ESTUDANTE_01_opt

Assassinaram Juliana Camilla Lopes de Morais, 26 anos, com três tiros na região abdominal e um na altura do pescoço, do lado esquerdo. Seu corpo foi encontrado aproximadamente às 20h 00 de quinta-feira, 26, por um motociclista de dados não revelados, que acionou a Polícia Militar através do disque denúncia 190. Encontrava-se em um terreno desabitado, no Loteamento Alphaville em Barreiras/BA.
Image00001

Estava em estado de gigantismo e segundo o perito criminal Mauro César Medeiros foi morta provavelmente na quarta-feira, 25. Juliana era estudante do oitavo semestre do Curso de Enfermagem da Faculdade São Francisco de Barreiras (FASB) e realizava pós-graduação em nutrição. Fazia planos de retornar para a cidade de Santa Maria da Vitória/BA, onde moram seus pais, o servidor público estadual do DETRAN/BA Rui José de Morais e a gerente de RH do frigorífico Boi do Cerrado, Arlete Ferreira Lopes de Morais.

Pai_da_estudante_opt

Ao acessar a notícia do site Alô Alô Salomão sobre a morte em um portal de notícias da região, a mãe da garota passou mal e teve que receber atendimento do SAMU, por quem foi encaminhada para a Unidade de Atendimento local. “Ela reconheceu a foto da filha depois de visualizar a matéria e levou um grande susto. Estávamos preocupados, porque desde ontem, Juliana não atendia ao telefone”, disse.

A jovem saiu do seu apartamento na Rua Custódia de Carvalho, prédio do Igacenter, sem levar aparelhos celulares, documentos e cartões de banco. A polícia encontrou uma Nota Fiscal sobre sua mesa, emitida pela farmácia Drogamil, na quarta-feira à noite. “Suspeitamos que ela tenha sido sequestrada ao abrir a porta para alguém depois de chegar da farmácia, em seguida foi levada ao local do crime. Muita covardia o que fizeram com minha filha”, concluiu.

O médico legista Sérgio Noronha, coordenador do Departamento de Polícia Técnica de Santa Maria da Vitória, a quem Juliana chamava de tio, estava muito abalado com a morte. Ele é amigo íntimo da família e fez questão de acompanhar o trabalho de necropsia da vítima, no IML regional de Barreiras.

O corpo será velado na residência dos pais da estudante, de onde o féretro sairá para sepultamento na manhã deste sábado, 28, no bairro Santa Maria da Vitória.

Alô Alô Salomão

 

BEL GUINCHO