CURTO CIRCUITO E CHOQUES ELÉTRICOS EM ESTRUTURA METÁLICA DA FEIRA DO GERALDÃO ASSUSTAM FEIRANTES

Pelo menos quatro pessoas sofreram choque elétrico ao tocarem na estrutura metálica dos toldos, na feira livre, em frente ao estádio municipal Geraldão. A descarga elétrica derrubou o jovem Gleison Silva Moura, de 18 anos, que levou um grande susto ao encostar sua bicicleta em um poste energizado.

Segundo sua mãe, a senhora Maria do Carmo (Carminha), o acidente não provocou consequências graves. O fato aconteceu no início da tarde de sábado, 27, por volta das 14h 30. “Usamos um pedaço de madeira para afastar a bicicleta do poste e pedimos aos fiscais do município para desligarem o padrão de energia”, declarou.

Também ressaltou que, o “Raí da Mandioca” e mais dois feirantes de nomes não revelados foram vítimas de descarga elétrica. Até a manhã desta segunda-feira, 29, os stands estavam sem energia.

De acordo com o feirante Isídio Alves (Junior), membro da Comissão de Apoio aos Feirantes, o sistema elétrico do local necessita de uma vistoria criteriosa para evitar acidentes mais graves e deve ser religado o mais rápido possível, uma vez que, a falta de iluminação dificulta os trabalhos dos comerciantes, porque o ambiente fica escuro ao final da tarde e quando iniciam os trabalhos, ao amanhecer. “A fiação já entrou em curto circuito várias vezes, além do mais, a caixa de distribuição quase pegou fogo”.

Junior ainda observou que, o alagamento provocado pelas chuvas na área da feira é outro grave problema enfrentado por todos, porque, danifica produtos que são armazenados debaixo das barracas. “Nós não temos outro lugar para guardar nossas mercadorias. A enchente deixa tudo encharcado e ainda nos obriga a trabalhar com os pés na água”, completou.

A Prefeitura Municipal continua trabalhando na recuperação do pavilhão do Centro de Abastecimento, o qual foi destruído pelo incêndio em 09 de outubro de 2017 e obrigou a transferência provisória dos feirantes para o pátio do estádio Geraldão.

Alô Alô Salomão