DEFICIENTE MENTAL ACUSADA DE MATAR A SOGRA É ASSASSINADA EM PARATINGA

Image00001

Adriana dos Santos Pinheiro, 36 anos, foi morta a golpes de facão, no bairro Alto da Estrela, cidade de Paratinga, na região do Vale do São Francisco, nesta sexta-feira, 06.

A autoria do crime ainda não está esclarecida, mas segundo informações da Polícia Militar do município, houve denúncias contra o suposto autor, o qual deve ser preso nas próximas horas.

Ainda de acordo com a PM, Adriana possuía deficiência mental e já tinha cometido um crime de homicídio na cidade contra sua própria sogra, a aposentada Ilza Alves Santana, de 62 anos, atingida com golpes de faca no pescoço e no rosto, no dia 07 de janeiro de 2013, enquanto dormia.

Após matar a idosa, ela voltou para casa e foi presa no momento em que almoçava, porém permaneceu pouco tempo na cadeia por ser considerada pela Justiça, inimputável devido ao distúrbio mental.

Na época, a acusada confessou o assassinato e informou que a intenção era matar o marido, mas como não o encontrou, decidiu assassinar a sogra. “Adriana era constantemente denunciada pela população por ameaças e perturbação do sossego. A mesma dizia que ouvia vozes a mandando matar e beber o sangue das pessoas”, observou um policial ao conversar com nossa reportagem.

Alô Alô Salomão

 

Image00001