DELEGADO AGUARDA LAUDO DO DPT SOBRE MORTE DE PACIENTE NA CADEIRA DO DENTISTA

20150821075733_opt

O delegado territorial de Bom Jesus da Lapa, Antonio de Albuquerque César, ainda aguarda o resultado do Laudo Pericial do Departamento de Polícia Técnica da cidade de Barreiras/BA, sobre a morte da costureira Edilene Maria Neres, de 39 anos, que teria passado mal ao realizar uma extração dentária no consultório particular do odontólogo Élcio Teodorio da Silva, na quinta-feira, 20/08/2015.

A irmã da vítima, a senhora Maria Aparecida Neres de Amaral alegou que o dentista aplicou o anestésico na paciente, saindo em seguida do consultório e quando retornou, minutos após, a mesma já estava morta. Também ressaltou de forma equivocada, ao conversar com a imprensa, que o fato teria ocorrido no hospital Municipal Carmela Dutra.

20150821075730_opt

Foi também percebido o preenchimento errado da guia expedida pela delegacia, solicitando a realização do exame de necropsia. No documento, ao invés de colocarem o nome da delegacia de Bom Jesus da Lapa citaram a delegacia de Serra do Ramalho.

Óbito

Segundo o delegado, Edilene sofreu convulsão na clínica privada, recebeu atendimento do SAMU e foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento Municipal, aonde já chegou sem vida.

O assessor de comunicação da Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Lapa-Ba, Ênnio Strela informou que em conversa com a Equipe do SAMU, confirmou que os profissionais ao serem acionados pela clinica particular foram imediatamente ao local e já encontraram a vítima sem sinais vitais. Seguindo os procedimentos obrigatórios, os socorristas iniciaram o protocolo de RCP (Reanimação Cardio Pulmonar), mas não obtiveram sucesso, entretanto, a encaminharam para a UPA 24h, que constatou oficialmente o óbito.

Antonio Albuquerque não tem previsão para recebimento do laudo do DPT, mas abriu Inquérito Policial e está apurando o caso. “Apreendemos a ampola do anestésico utilizado e interrogamos o dentista, que não poupou esforços para salvar Edilene e se apresentou espontaneamente em nossa unidade policial”.

Ele observou ainda que Edilene possivelmente sofreu um choque anafilático causado por reação adversa a formula química do medicamento.

Maria era natural de Paratinga/BA, moradora da Rua Rosa de Saron, bairro Lagoa Grande, em Bom Jesus da Lapa/BA.

A redação do site Alô Alô Salomão pede desculpas pelos erros cometidos ao publicar tais informações, porém, ressalta que a produção foi baseada nas mencionadas fontes.

Link: Assunto relacionado

Alô Alô Salomão

top park unnamed (1)_opt