Delegado fala sobre acidente que matou a servidora pública Luzinete

Em entrevista à nossa reportagem neste sábado(25), o delegado Francisco Carlos de Sá informou que o motorista, Levy Rodrigues Novais de 65 anos, natural de Morpará, residente em Barreiras, que colidiu seu veículo Fiat/Uno na traseira da motocicleta da servidora pública municipal, Luzinete da Silva Macena Bastos, de 36 anos,  foi interrogado e responderá inquérito policial regular. “Quando o interroguei sobre a causa do acidente, ele simplesmente respondeu que deu um branco em sua cabeça”, disse o delegado.

Também observou que, o motorista estava com documentos de porte obrigatório, permaneceu no local do acidente, prestou assistência à vítima e não apresentava sinais de embriaguez, portanto não poderia ser preso. “A lei brasileira favorece ao infrator. Ele responderá em liberdade e deve ser indiciado por homicídio culposo, porque não teve a intenção de matar”.

Levy dirigia um Fiat Uno Mille, cor azul, que bateu na traseira da moto conduzida por Luzinete, uma Biz de cor preta, quando a mesma parou para dar preferência a alguém que atravessava a faixa de pedestre, em frente ao INSS, na Avenida Clériston Andrade.  “É lamentável, porque essa senhora tinha esposo, dois filhos e toda uma vida pela frente”., finalizou Carlos de Sá.

Outras informações do acidente no link

Fotos: Divulgação/Blog Braga

Alô alô salomão