DETENTO É AGREDIDO POR COLEGAS DE CARCERAGEM DO CONJUNTO PENAL DE BARREIRAS

O presidiário Erineu Menezes Santana, de 44 anos, foi levado à delegacia do complexo policial do bairro Aratu, em Barreiras/BA, para registrar denúncia de agressão física contra os presidiários do Conjunto Penal de Barreiras,  Joan Nunes de Santana, Sidnei Silva Santos, Daniel Silva Santos, Wesley da Silva dos Santos, Maurício Vidal (Piva), Joedson Santos e Isac Sousa Dourado. As agressões, segundo informações contidas no Boletim de Ocorrência (BO), ocorreram por volta das 16h 00 de terça-feira (22), no momento em que Erineu se deslocava de um dos banheiros para o pátio da unidade prisional. O mesmo alega que provocou insatisfação em seus colegas de carceragem, porque pediu a eles que entregassem armas de fabricação artesanal (chuchos) para a direção do presídio. Os agressores o atingiram com golpes de cabo de vassoura, socos e pontapés. O espancamento lhe causou hematomas nos olhos e escoriações.

Segundo plantonistas da delegacia de polícia, após registrar ocorrência, o preso deve ser mantido numa cela separa para evitar novas agressões. O delegado José Romero vai interrogar os agressores para  apurar o caso e adotar providências de polícia judiciária.  A direção do presídio vai realizar vistoria nas celas para apreender os armamentos, que supostamente estão em poder dos detentos.

Postagem: Maicon Dias

Alô Alô Salomão