DONO DE RINHA DE GALO É PRESO EM SANTA MARIA DA VITÓRIA

Image00001

Policiais Militares do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto), lotados na 30º Companhia Independente da Polícia Militar prenderam Mauro Pereira, 53 anos, sob a acusação de comandar uma rinha de galo em Santa Maria da Vitória, Oeste da Bahia.

Image00004

De acordo com informações, os policiais receberem uma denúncia de que existia um local onde a rinha de galo era praticada. Ao chegarem no bairro da AABB, local indicado pela denúncia, os policiais flagraram aproximadamente 20 pessoas assistindo e apostando na briga de galos. Diante do fato, o proprietário da rinha foi conduzido para delegacia onde foram tomadas as medidas cabíveis.

Image00003

Segundo relato dos frequentadores as apostas variavam entre R$20,00 e R$100,00.

Art. 32 da Lei de Crimes Ambientais – Lei 9605/98

Art. 32. Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos:

Pena – detenção, de três meses a um ano, e multa.

§ 1º Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos.

§ 2º A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.

Fonte: Jornal Nova Fronteira com informações e fotos do Cotidiano Policial

Alô Alô Salomão

 

ÓTICAS LÚMINA: 02-09