Em Brasília, Rui se reúne com embaixadas de países da Ásia para ‘vender’ parque da Ford

O governador Rui Costa (PT) cumpre agenda em Brasília neta terça-feira (19). O petista visitou as embaixadas de Índia, Coreia do Sul e do Japão para apresentar o parque automobilístico que a Ford vai deixar em Camaçari, na região metropolitana de Salvador.

A Índia possui como destaques a empresa Tata Motors, hoje dona da Jaguar e Land Rover, e a Mahindra, que já possui atividade no Brasil, em Porto Alegre. Rui conversou com o embaixador Suresh K. Reddy. “Queremos convidar as fabricantes indianas para conhecer a área antes ocupada pela Ford para avaliar a possibilidade de instalação num dos maiores parques existentes no Brasil, inclusive com porto exclusivo” disse o governador.

De acordo com o governo baiano, Reddy indicou que o país possui o interesse de que companhias indianas estejam no país e na Bahia, além de querer iniciar parcerias no campo tecnológico, área que a Índia tem ampliado investimentos.

No diálogo com o representante japonês, Akira Yamada, Rui recebeu o mesmo sinal verde de interesse. O Japão possui marcas tradicionais como Nissan, Toyota e Honda.

O embaixador sul-coreano, Kim Chan-Woo, teria elogiado a estrutura do Senai/Cimatec. O representante assegurou difundir as informações com o setor industrial de seu país. Ele citou o exemplo da Hyundai no Brasil e a necessidade de uma menor burocratização para mais negócios com a Coréia do Sul.

Estiveram presentes em todas as agendas, acompanhando Rui Costa, o vice-governador, João Leão; o secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Davidson Magalhães; o presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), Antônio Alban; o diretor de Tecnologia e Inovação do Senai/Cimatec, Leone Peter Andrade; o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari, Júlio Bonfim; e o superintendente de Atração e Desenvolvimento de Negócios da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), Paulo Guimarães.

Bahia Noticias 

Alô Alô Salomão