EM MEDICINA NOTA DE CORTE MAIS ALTA É EM FEDERAL DA BAHIA

forma-de-medicina-medicos-assistencia-medica-eletrocardiograma_3312471

As notas de corte para candidatos a vagas nos cursos de medicina oscilaram entre 889,97 e 753,42 pontos na segunda parcial do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2016. Os dados foram liberados para consulta no portal http://sisualuno.mec.gov.br/ e consideram a situação das inscrições até as 9 horas desta quarta (13).

Se comparado com a primeira parcial divulgada na terça-feira, houve aumento médio de 0,74% nas notas de corte para medicina – elas representam a menor pontuação para o candidato ficar entre os potencialmente selecionados para uma das 228 mil vagas.

Ao todo, 83 cursos de medicina em instituições públicas de ensino superior oferecem vagas através do Sisu nesta edição do primeiro semestre.

De acordo com a segunda parcial das notas de corte divulgada pelo MEC, a pontuação mais alta foi verificada na Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob), no Campus Barreiras. Ontem, a instituição tinha como nota de corte 888,35 – nos dados divulgados na segunda contagem, subiu para 889,97.

Já a nota mínima mais baixa foi atingida na Universidade Federal Rural do Semi-árido (Ufersa). Na primeira parcial, era de 727,44 pontos, e na segunda, subiu para 753,42.

As notas apontadas neste levantamento consideram somente vagas oferecidas por meio da “ampla concorrência”, às quais concorrem estudantes que não se encaixam em critérios da Lei de Cotas ou em ações afirmativas próprias de cada universidade. As notas para cotas sociais e raciais são menores.

Na média, a nota de corte em “ampla concorrência” nesses 83 cursos ficou em 785,9 pontos – ontem, era de 780,12.

Ao considerar somente a categoria “ampla concorrência”, estão em disputa 2.255 vagas no país.
Inscritos

O Sisu registrou até as 13h da terça (13) o número de 1.698.652 inscritos para a primeira edição de 2016, de acordo com o Ministério da Educação (MEC).
No dia 14 de janeiro, também a partir das 9h, as notas de corte serão atualizadas. Aqueles que buscam uma vaga devem se inscrever até as 23h59 (horário de Brasília) de quinta-feira (14).

Monitorar o sistema pode ajudar o estudante a aumentar suas chances de aprovação. Como o Sisu funciona de forma dinâmica, é possível mudar a inscrição quantas vezes for necessário até o prazo final.

Se a nota de corte estiver muito acima da pontuação obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a melhor saída é escolher outro curso e/ou instituição com nota mínima mais baixa.

Para participar do processo seletivo, o candidato deve ter feito o Enem em 2015. As notas foram divulgadas na última sexta (8).

Fonte: G1 

Alô Alô Salomão

 

Uno tenis_opt