Em Rio do Antônio, Rui inaugura escola com capacidade para 600 alunos

A nova sede do Colégio Professora Lia Publio de Castro, em Rio do Antônio, no sudoeste da Bahia, foi inaugurada pelo governador Rui Costa nesta segunda-feira (25). Localizada no distrito de Ibitira, a unidade escolar tem capacidade para mais de 600 alunos, além de laboratório, biblioteca e quadra coberta.

 

Na ocasião, o governador também entregou certificados de Cadastro Ambiental Rural (CAR) para os produtores Maria de Lourdes Santos e Lourisvaldo Madureira, simbolizando 629 propriedades que foram licenciadas, e autorizou a Associação de Pequenos Produtores de Olhos D’Água a celebrar convênio, no valor de R$ 177 mil, no âmbito do programa Bahia Produtiva.

 

“Fico feliz de estar entregando mais uma escola, com investimento de R$ 3 milhões. São oito salas de aula, biblioteca, sala de informática e quadra coberta. É uma infraestrutura melhor para que os nossos jovens tenham condições de melhorar seu desempenho. Era um compromisso nosso que hoje se materializa “, disse Rui.

 

O governador anunciou ainda a urbanização da rua de acesso ao colégio, “para dar melhores condições dos estudantes chegarem à escola. A licitação já está autorizada e, daqui a alguns dias, nós vamos colocar esse asfalto”.

 

De acordo com o secretário estadual da Educação, Jerônimo Rodrigues, o Governo do Estado tem investido em infraestrutura, pessoal e formação para melhorar os índices educacionais. “Uma agenda é essa de entrega de escolas adequadas à realidade de cada município, com biblioteca, refeitório, laboratório e tudo mais. A outra é de pessoal; já convocamos um conjunto de professores e coordenadores pedagógicos. E a agenda mais densa que faremos é de formação e qualificação de professores, diretores, vice-diretores e coordenadores. Vamos juntar tudo isso para promover um bom processo de aprendizagem dos alunos”, explicou o secretário.

 

Agricultura familiar

 

Executado pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), o Bahia Produtiva tem como finalidade garantir sustentabilidade e inclusão socioprodutiva a famílias de comunidades rurais baianas. O programa é resultado de um acordo de empréstimo firmado entre o Governo do Estado e o Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (Bird).

 

Em Rio do Antônio, Rui lembrou que a Bahia é o estado brasileiro com o maior número de agricultores familiares. Neste sentido, “nós precisamos fortalecer as cooperativas e associações, aumentar a produtividade e a mecanização, porque se o povo passar a produzir mais, com a qualidade melhor, este dinheiro vai melhorar a vida dos pequenos agricultores e fortalecer o comércio nas cidades do interior”.

 

Outra ação para os pequenos agricultores na Bahia é a Certificação Ambiental Rural. “Segundo a lei, todo proprietário rural, grande ou pequeno, precisa ter o certificado ambiental para poder ter os benefícios, como pegar empréstimos nos bancos. Por isso, o Governo do Estado contratou empresas especializadas para emitir os certificados. Nós já regularizamos mais de 400 mil propriedades na Bahia”, acrescentou o governador.

 

Fotos: Fernando Vivas/GOVB

Secom 

Alô Alô Salomão