Em São Paulo, Rui visita Hospital de Câncer de Barretos em busca de novas parcerias

Em busca de experiências de sucesso para melhorar cada vez mais os serviços de prevenção e tratamento do câncer na Bahia, o governador Rui Costa visitou, nesta terça-feira (6), as instalações do Hospital de Câncer de Barretos, em São Paulo. A unidade, também conhecida como Hospital de Amor, é um dos mais modernos centros de ensino e pesquisa em toda a América Latina.

Durante a visita, o governador apresentou propostas de parcerias para a ampliação do atendimento oncológico no Hospital Santo Antônio (HSA), ligado às Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), em Salvador.

“Ele veio conhecer o hospital porque somos uma referência nacional no tratamento do câncer e buscar nossa experiência para melhorar os serviços no Hospital Irmã Dulce. Com a construção das policlínicas regionais de saúde, a Bahia hoje possui hoje uma das melhores, senão a melhor, medicinas públicas do país. E isso passa muito por essa constante troca de experiências que o governador vem realizando”, afirmou o diretor do Hospital de Câncer de Barretos, Henrique Prata.

Rastreamento de câncer

O Governo do Estado já possui uma parceria concretizada com o Hospital de Barretos. Durante a inauguração da Policlínica Regional de Saúde em Juazeiro, no último dia 30 de agosto, o governador fez a entrega da unidade móvel do Programa de Rastreamento do Câncer de Colo de Útero e Mama, resultado de parceria com o Instituto Avon e a Fundação Pio XII, entidade mantenedora do Hospital de Barretos.

Outras cinco unidades móveis serão entregues até outubro, contemplando as regiões de Jequié, Irecê, Teixeira de Freitas, Guanambi e Metropolitana de Salvador. Elas têm capacidade de realizar 127 exames por dia de mamografia e papanicolau.

As policlínicas de Jequié, Irecê, Teixeira de Freitas e Guanambi, o Hospital da Mulher (Salvador) e o Instituto Ivete Sangalo (Juazeiro) serão as unidades fixas de referência dos veículos, sendo responsáveis pelo exames complementares de diagnóstico (mamografia com estereotaxia, ultrassom de mama, biópsia de mama e colo do útero), além de consultas médicas especializadas e aulas de educação continuada para os profissionais de saúde da região.

Fotos: Divulgação/Hospital de Amor

Secom

Alô Alô Salomão