FALSO OFTAMOLOGISTA CONSULTAVA E RECEITAVA ÓCULOS NO BAIRRO BOA SORTE EM BARREIRAS

exame-de-vista_opt

A Polícia prendeu por volta do meio-dia desta quarta-feira, 11, um senhor de 74 anos, por exercício ilegal da profissão de médico oftalmologista. Em relato feito no boletim de ocorrência da delegacia de polícia, consta que Edvaldo José da Cruz estava consultando e receitando óculos em frente à escola do povoado de Boa Sorte.

Ele alega que foi contratado por uma pessoa de prenome “Medrado”, o qual enviou sua sobrinha Amanda Medrado Rodrigues Silva, de 18 anos, para trabalhar na função de recepcionista do charlatão. A vendedora Fábia Teixeira da Silva, de 40 anos, que disse ser representante do laboratório de confecções de lentes de óculos, denominado de Teclens, localizado no centro de Barreiras, também foi flagrada no local.

Receituários, armações, promissórias, material da “Teclens”, em nome da empresa Paraíso Óculos foram encontrados na residência de um homem identificado por Arlindo José Caetano, no mesmo bairro. Esta empresa efetuaria o contrato com os pacientes/clientes, que assinavam notas promissórias, após serem encaminhados para Fábia, por meio de uma receita médica. Uma vez que, era a pessoa responsável pela elaboração do plano de pagamento dos óculos.

“Minha filha de oito anos está com irritação nos olhos, depois que fez um exame de vista com esse oftalmologista, que nos encaminhou imediatamente para à ótica. Ficamos de receber os óculos dela nesta sexta-feira (13) na escola Alberto Amorim, bairro Vila Amorim “, relatou a dona de casa Lenice Batista dos Santos.

Os documentos e material encontrados estão à disposição do delegado titular da 1ª DP, Joaquim Rodrigues.

Alô Alô Salomão

 

Cimefort