FASB PROMOVE CAMPANHA PARA DOAÇÃO DE SANGUE EM BARREIRAS

17_opt (2)

 

Em um ato de solidariedade, acadêmicos e funcionários da Faculdade São Francisco de Barreiras (FASB) se reuniram na manhã desta quinta-feira (17) para participar da campanha de doação de sangue “Eu curto doar sangue”. Com o envolvimento total de 108 voluntários, foram coletadas 58 bolsas de sangue que ajudaram a aumentar o estoque da Unidade de Coleta Transfusacional do Hospital do Oeste – o Hemoba. A ação foi coordenada pelo Colegiado de Enfermagem da FASB.

17_opt (3)

 

Doador pela primeira vez, o acadêmico de Fisioterapia da FASB, Luan Milhomens, 18, disse que sempre teve medo, mas superou por causa da mobilização da campanha. “Sabia que a importância da doação era maior; salvar vidas! E esse sim, é o sentimento que me moveu para a doação”, enfatiza. Nascido inicialmente de um trote solidário, há de cinco anos, a docente do curso de Enfermagem, Dulce Rodrigues de Matos, explica que houve o fortalecimento da iniciativa, hoje consolidada na campanha “Eu curto doar sangue”, que mantém fiel ao papel dos cursos de saúde da FASB, que também tem a missão de “colaborar com os serviços básicos de saúde de toda a região”.

17_opt (1)

 

Daiane Lazarim, assistente social do Hemoba, afirma que a campanha proporciona o aumento o estoque da única unidade de coleta e distribuição de sangue de todo o Oeste da Bahia. Segundo ela, são necessárias cerca de 750 bolsas diárias para atender a demanda da região. “Iniciativas como as organizadas pela FASB são importantes para reforçar o número de doadores da nossa unidade, que vive constantemente com a quantidade de bolsas de sangue aquém do necessário”. Ainda segundo ela, mobilizações como o projeto “Eu curto doar sangue” também ajuda a fidelizar novos potenciais doadores. “Muitos jovens doaram pela primeira vez, perderam o medo e viram que doar sangue é simples e rápido”, explica.

17_opt

 

Serviço Os interessados em formar grupos de amigos, funcionários da sua empresa ou qualquer tipo de atividade de lazer ou religiosa, e tem interesse em doar sangue, entre em contato com o Hemoba pelo(77) 3612-9404 e agende uma visita. Grupos com, no mínimo, 20 pessoas podem agendar horários especiais para doação.

Recomendação Para doar sangue, o interessado deve ter idade entre 18 e 67 anos e ter peso superior a 50 quilos. É preciso estar alimentado e não ter ingerido comidas gordurosas nem bebidas alcoólicas na véspera e no dia da doação. Também não pode doar se estiver gripado, com febre ou amamentando; teve hepatite após os 10 anos de idade; fez tatuagem ou piercing há menos de 1 ano; for usuário de drogas; for portador de HIV, HTLV, Hepatite B ou C, Sífilis ou Doença de Chagas. (Fonte: Hemoba/Hospital do Oeste/Osid).

Por: Hebert Regis

Postagem: Joselia Brito

Alô Alô Salomão

XEQUE-MAT