HOMEM É MORTO COM VÁRIOS TIROS DE PISTOLA NO CENTRO HISTÓRICO DE BARREIRAS

Image00004

Um morador de rua morreu após ser alvejado com disparos de arma de fogo na noite desta segunda-feira-feira, 06, nas imediações da Praça Duque de Caxias, no calçadão do cais de Barreiras, no Oeste da Bahia. Segundo populares, Fabrício Gonçalves de Azevedo, de 32 anos, vulgo Magrão, era usuário de drogas.

Image00003

Outro morador de rua, que não quis ser identificado, comentou que Magrão foi chamado por dois homens, numa moto de dados não identificados, os quais perguntaram por seu companheiro conhecido por Sandrão, em seguida, o autor sacou a arma e disparou aproximadamente 15 tiros a queima-roupa contra a vítima. “Ele ainda disse, por favor, não me confundam com Sandrão, mas o carona puxou a arma e começou a atirar”, ressaltou.

Image00006

Também declarou que ao ouvir os tiros, o rapaz procurado pelos criminosos fugiu em direção à Rua Humaitá. Alegou que o assassinato tem como suspeito, um rapaz de quem Sandrão pegou uma moto emprestada e deu sumiço. Os tiros partiram de uma pistola ponto-40.

Image00010

O homem estava sem documento de identificação na hora do crime, mas o delegado Francisco Carlos de Sá, o reconheceu como sendo autor de diversos arrombamentos seguidos de furto ao comércio local. “Tem várias passagens registradas na delegacia”, observou o bacharel.

Image00008

Os peritos Sandra Tosta e Francisco Santos foram acionados para investigarem a área do crime. O caso será investigado, a partir de agora, pela Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP). Esse é o 24º assassinato registrado no município em 2015. A média é de seis casos por mês.

Veja: Uma das prisões de Magrão aconteceu em outubro de 2014. 

Image00009

Alô Alô Salomão

20150331070700