HOMEM MORRE AO NEGAR PAGAR DOSE DE PINGA PARA O CRIMINOSO EM FESTA DE SÃO JOÃO

01 ANGICAL_opt

O lavrador Valdinei Evangelista Alcântara, 37 anos, teve o crânio literalmente partido ao meio, ao sofrer um golpe de facão desferido por um homem identificado apenas pelo prenome de Bruno. O crime aconteceu na reforma agrária de Cupins, município de Angical, na região Oeste da Bahia, aproximadamente às 23h 00 de ontem, 23.

02 ANGICAL_opt

Segundo informações da senhora Iracema Alcântara dos Santos, de 56 anos, seu irmão morreu por motivo banal. “Ele apenas se negou pagar uma dose de pinga, pedida pelo Bruno. Covardemente, foi atingido pelas costas e morreu na hora”, comentou.

Autor e vítima participavam de uma festa junina desde cedo. Ninguém percebeu que o criminoso se encontrava com um facão na cintura. Após assassinato, tomou rumo ignorado montado em um cavalo. ”Deve ter fugido pra São José do Rio Grande, onde possui vários parentes”, declarou Iracema, com ar de revolta.

Ela ressaltou que Bruno sempre gostou de confusões e já foi denunciado à polícia por maus- tratos contra animais. “Já furou a barriga de uma égua com facão e cortou o rabo de um jumento. Ninguém gosta dele na região”.
Valdinei era casado com Ana Paula, que está grávida de seis meses. Seu corpo deu entrada no IML regional de Barreiras na manhã de hoje. O crime será investigado pela delegacia de Angical.

Alô Alô Salomão

 

Image00001832