INCENTIVO A BOAS PRÁTICAS TRABALHISTAS NORTEIA FÓRUM DA ABRH-BA

forum-abrh-ba-barreiras-ascom-aiba_opt

Divulgar e incentivar as boas práticas trabalhistas no oeste da Bahia. Este foi o tema do Fórum de Relações Trabalhistas que aconteceu nesta quinta-feira (22), em Barreiras, e contou com a participação de mais de 100 profissionais de RH das empresas, principalmente das fazendas, da região.

E foi justamente o agronegócio, um dos segmentos que mais emprega no oeste baiano, o assunto de uma das palestras do Fórum, ministrada pelo chefe de fiscalização do Ministério do Trabalho de Barreiras, Eduardo Baptista Vieira, que orientou sobre o cumprimento da legislação trabalhista no meio rural e informou as suas principais irregularidades que devem ser evitadas.

“Constatamos no período de janeiro de 2014 a junho de 2016, mais autos de infração no que diz respeito à NR-31, que garante a segurança e saúde do trabalhador rural. Esta norma soma 50% das irregularidades constatadas. As demais irregularidades dizem respeito à legislação trabalhista, como jornada de trabalho, descanso, remuneração, FGTS e registro, respectivamente”, pontuou Vieira.

Para explicar a importância do eSocial – nova ferramenta que registra os eventos trabalhistas – foi convidado o auditor fiscal do Ministério do Trabalho do Distrito Federal, José Alberto Maia, que mostrou para os gestores de RH e contabilistas como controlar a rotina laboral dos trabalhadores e a facilidade da nova plataforma para isso.

“O que vemos hoje é que os empregadores precisam prestar informações de diversas maneiras, em diversos momentos e muitas vezes em duplicidade. A grande vantagem do eSocial é que unifica a prestação da informação em um único momento e uma única vez. Permitindo que o empregador de maneira mais simples, padronizada e menos custosa, cumpra a obrigação dele”, esclareceu Maia.

Para a diretora da Maggi Recrutamento e Seleção e coordenadora do núcleo regional oeste da ABRH-BA, Márcia Gama, o Fórum trouxe atualização para os profissionais de Recursos Humanos, principalmente em relação ao eSocial. “Essa ferramenta era um bicho de sete cabeças para alguns, e o Maia, em sua palestra, mostrou ser mais simples do que pensávamos. Para muitos profissionais isso fará uma grande diferença”, ressaltou ela.

O evento, ainda, contou com a apresentação da supervisora de Recursos Humanos da Sabin/Bahia, Silvana Oliveira e proporcionou a arrecadação de aproximadamente 120 kg de alimentos (arroz e feijão), que foi doado ao Abrigo dos Idosos de Barreiras.

O Fórum de Relações Trabalhistas no oeste da Bahia é uma realização do Instituto Aiba (Iaiba) e da Associação Brasileira de Recursos Humanos na Bahia (ABRH-BA).

Ascom Aiba

Alô Alô Salomão

mgb9nep_opt