INSCRIÇÕES ABERTAS PARA IV JORNADA DE AGROECOLOGIA DA BAHIA

01753_jornada_foto_brigada_audiovisual_dos_povos1_2814398224647878324 (1)_opt

A IV Jornada de Agroecologia da Bahia está com inscrições abertas. O evento, que tem apoio do INCRA, acontecerá entre os dias 29 de outubro de 1º de novembro, no assentamento Terra Vista, situado no município de Arataca, no Litoral Sul. A temática, deste ano, será “Terra, Território e Poder”.

Os interessados podem inscrever-se por meio deste blog: www.jornadadeagroecologiadabahia.blogspot.com

A jornada se constitui num espaço de discussão, articulação e troca de experiências entre assentados, agricultores familiares, quilombolas e indígenas, educadores e jovens da Bahia e de outros estados.

Desde 2012, o evento é organizado pela Teia de Agroecologia dos Povos. A ação tem agregado e disseminado experiências e aprendizados ancestrais e contemporâneos. Trata-se de uma rede sociopolítica e cultura pelo direito a terra e pela agroecologia.

01753_jornada_foto_brigada_audiovisual_dos_povos4_6390192027229561838_opt

Sobre o assentamento
O Terra Vista é uma área de reforma agrária agroecológica e que se destaca por ser o primeiro a produzir chocolate orgânico artesanal. Além disso, produz mudas de arbóreas e frutíferas típicas da Mata Atlântica para reflorestamento.

A educação também se sobressai no assentamento com dois centros educacionais, o Florestan Fernandes, construído pelo Incra, onde são ofertados cursos do Programa de Educação na Reforma Agrária (Pronera). Ainda há o Colégio Estadual Milton Santos que oferece seis cursos técnicos profissionalizantes e atrai estudantes de vários municípios. Ao todo, são 1,1 mil alunos que estudam no assentamento.

Programação
A programação prevê a realização de debates, de feiras culturais com trocas de sementes, oficinas e minicursos, envolvendo práticas agroecológicas. A iniciativa também promove dicas de saúde e alimentações, onde são valorizados os saberes tradicionais.

Outro destaque é a Ciranda, espaço lúdico e sociopedagógico voltado às crianças que participam do evento. Além disso, haverá rodas de capoeira e cantos e torés indígenas.

Por: Ascom/INCRA

Postagem: Joselia Brito

Alô Alô Salomão

SNC