MICROLINS: GERAÇÃO Z

aaa_opt

A definição de geração Z surgiu a partir do termo “zapear”, que significa mudar as coisas de forma rápida e repentina, explica o consultor Gilberto Wiesel.

Nascidos depois de 1995, os jovens Z são nativos digitais e multifuncionais. Isso significa que estão acostumados a receber uma imensidão de informações e, consequentemente, vivem em um mundo de infinitas possibilidades.

Comparados aos seus predecessores, a geração Y, são mais críticos, exigentes e dinâmicos. “Sabem o que querem e, principalmente, o que não querem”, diz Wiesel. Mais empreendedores e com a criatividade latente, os jovens da geração Z tendem a procurarprofissões que permitam ascensão mais rápida, de acordo com o especialista.

“Acredito que carreiras que demandam muito tempo para se chegar ao topo, como por exemplo a medicina, terão dificuldade em atrair essa nova geração imediatista”, afirma o consultor.

É que, segundo ele, quanto antes esses jovens puderem entrar no mercado de trabalho e colocar sua expertise à prova, mais motivados estarão. “Trabalhos que não tenham inovação, que são metódicos, também não vão atrair essa galera”, diz.

Profissões ligadas ao desenvolvimento de games, programação para web e gestão de equipes são algumas das carreiras em que a chamada Geração Z pode ingressar e se dar muito bem. Chamados de nativos digitais e multifuncionais, os membros desse grupo são mais exigentes, críticos e preparados para trabalhar com muitas informações.

22 03_opt