MOTOCICLISTA MORRE AO TRANSITAR PELA CONTRAMÃO NA BR 135

Romilson_opt

O vendedor ambulante Romilson Ribeiro de Melo, de 42 anos, morreu no local do acidente, uma vez que sofreu múltiplas fraturas. Ele transitava pela contramão numa pista de mão única da BR 135, com sua motocicleta Biz, de cor prata, placa JQE 2207, quando colidiu frontalmente com uma Honda, cor vinho, placa NZZ – 5418 de Correntina/BA, conduzida pelo funcionário do Fribarreiras, José Campos dos Santos, que ficou gravemente ferido e recebeu socorro do SAMU, sendo encaminhado ao Hospital do Oeste. A colisão aconteceu ao final da tarde deste domingo, 17.

Mãe de Romilson_opt
A mãe de Romilson, a senhora Carmem Nunes de Oliveira informou que seu filho vinha tendo alucinações causadas por depressão e tomava medicamento controlado. “Não tenho certeza, mas estou desconfiada que ele saiu da feira da Vila Rica, onde estava trabalhando e veio beber cerveja com os amigos”, comentou a mãe desesperada. A polícia não descarta a possibilidade de um suicídio.

Filho de Romilson_opt

Policiais Rodoviários chegaram imediatamente para preservar a área do acidente até a chegada do SAMU e Polícia Técnica. Até fazer a remoção do corpo para o Instituto Médico Legal do complexo policial do bairro Aratu, o trânsito ficou bastante lento no sentido Riachão das Neves, principalmente, porque uma multidão de pessoas ocupava o acostamento da rodovia.

DSCF8346_optDSCF8353_opt

Romilson morava na Rua Arara, no Conjunto Habitacional Rio Grande. Possuía convivência estável com Joiciene Augusto dos Santos, com quem tinha três filhos, sendo dois gêmeos de quatro anos e o mais velho de 11 anos. Esse estava inconsolado com a morte do pai e teve que ser agarrado por um dos tios para não chegar muito perto do corpo da vítima.

DSCF8358_opt
O médico legista Luciano Freitas deve realizar necropsia do corpo ainda na noite deste domingo, 17.

Alô Alô Salomão

 

BEL GUINCHO