MULHER DENUNCIA SUPOSTA FRAUDE NO MISS BARREIRAS 2015

IMG_033101254_opt

A pedagoga Joseane Leite Peixoto, mãe da estudante Rebecca Soares Gundim, 18 anos, uma das concorrentes do Miss Barreiras 2015, registrou denúncia nesta quarta-feira, 11, no Complexo Policial do bairro Aratu em Barreiras/BA. Onde alegou que o promotor de eventos Martiniano Rufino da Silva, um dos organizadores do concurso, teria informado que o evento era oficial.

Em princípio Martiniano teria divulgado na imprensa local, que o desfile seria aberto ao público, no entanto, passou a exigir que cada concorrente vendesse 20 ingressos nos valores de R$ 15,00 (quinze reais) cada, para colaborar com a organização do evento, que segundo ele seria transmitido por duas emissoras de televisão (SBT e Bandeirantes).

Também reclama que o concurso foi vencido por uma adolescente de 16 anos, em 1º e outra de 17 anos em 2º lugares, as quais não poderiam concorrer, porque o regulamento não permitia a participação de menores de idade. Ainda ressaltou que ela e sua filha ficaram constrangidas e decepcionadas. “Gastamos aproximadamente R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais) na preparação da minha filha (vestido, maquiagem, cabelos, unhas e outros) e depois sabermos que houve trapaça na escolha!”, finalizou.

Alô Alô Salomão

 

aloalosalomao-1