NOVA DIRETORIA DA APROSEM E OS DESAFIOS DE ELEVAR A PRODUTIVIDADE DA SOJA

Desde o início de janeiro de 2018, a Associação dos Produtores de Sementes de Soja dos Estados do Matopiba – Aprosem, conta com nova diretoria. Celito Misso retornou ao cargo de Presidente, agregando experiências de quase quatro décadas no setor sementeiro.

Como principal desafio da nova gestão, está o de promover incrementos na produtividade de soja entre os agricultores. Embora esteja crescente este índice no Brasil Central, as médias ainda estão aquém do ideal. Razão esta, que a Aprosem desenvolverá ações para estimular a ampliação dos atuais níveis de produtividades.

A ciência tem demonstrado que uma boa semente e uma eficiente semeadura promovem colheitas melhores. Estes princípios estão sendo observados por diversos produtores, com expressivos diferenciais nos resultados.

Os números do Comitê Estratégico Soja Brasil – CESB, têm comprovado que as médias de produtividades do país estão com potencial pouco explorado. O crescimento é visível a cada ano em seus concursos, estando com máximas próximas das 150 sc/ha (obtido por Marcos Seitz em 2017), ou mesmo em concursos internacionais, cujos patamares estão beirando 200 sc/ha (obtido por Randy Dowdy em 2016).

O desafio em elevar produtividades começa com o uso de sementes confiáveis e de procedência garantida. Além disso, o uso de material legal é importante como forma de manter a pesquisa de cultivares mais adaptadas e produtivas, permitindo um ciclo de inovações, cujos beneficiados serão os agricultores. É importante lembrar que a semente é o principal vetor para levar ao campo as tecnologias geradas pela pesquisa, finaliza Celito Missio.

Att. Agta Roberta Rufatto

Secretária-Executiva
Aprosem – Associação dos Produtores de Sementes de Soja dos Estados do Matopiba

Alô Alô Salomão