OESTE DA BAHIA: ADAB saneia propriedades com focos de Brucelose e Tuberculose

A ADAB (Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia) erradicou  focos de Brucelose e Tuberculose bovina no município de Catolândia, oeste da Bahia. Na primeira propriedade, após testes sorológicos, foi detectada que três fêmeas leiteiras eram reagentes a brucelose e, para evitar a disseminação, os animais foram imediatamente encaminhados ao sacrifício sanitário. Após a ação, todo o rebanho foi avaliado para afastar a hipótese de contaminação. “Nesse caso, a propriedade permaneceu interditada até a conclusão do saneamento e só foi liberada após a constatação de que não havia nenhum outro animal doente. Na fazenda, solicitamos também que todas as fêmeas com idade superior a oito meses  fossem vacinadas coma a RB51”, explicou a fiscal estadual agropecuária, Kátia Pedrosa. Já em outra propriedade de Catolândia foi detectada a Tuberculose e a fêmea sacrificada.

No oeste, um cronograma para capacitação de agentes vacinadores é executado através de médicos veterinários da Gerência Regional de Barreiras. No último sábado(5), técnicos do escritório da ADAB se reuniram com criadores do município de Angical para tratar, entre outros assuntos, da importância da vacinação contra a Brucelose para a defesa dos rebanhos e da saúde pública além da vacina contra a Febre Aftosa, doença que conta com campanhas intensivas.

A ADAB marca presença firme no oeste da Bahia através de ações de fiscalização e inspeção rotineiras. “Manter a sanidade do rebanho e assegurar produtos seguros na mesa é a nossa missão”, destacou o diretor-geral da Autarquia, Maurício Bacelar, que esteve na região reforçando a importância de vacinação nas bezerras entre 3 e 8 meses de idade contra a Brucelose. “Depois de vacinar, é indispensável que os proprietários informem os escritórios da ADAB”, lembra Maurício.

A Brucelose é uma zoonose (doença transmitida ao homem) e afeta bovinos, bubalinos, ovinos, equinos, suínos, dentre outras espécies.

Fonte: Blog Braga

Alô Alô Salomão