OSCILAÇÕES E FALTA DE ENERGIA ELÉTRICA VIRA UM PROBLEMA CORRIQUEIRO EM PLENO CENTRO DE BARREIRAS – BAHIA

20150925162340_opt

As Oscilações e falta de energia elétrica constante vem ocorrendo sempre no Centro da cidade de Barreiras, mais precisamente nas Ruas: Custódia Rocha de Carvalho, Marechal Hermes e D. Pedro II, aonde se concentra os grandes Bancos, financeiras, farmácias, chocolateira, escritórios, Lanchonetes, lan house, faculdade, supermercados e comércios em geral.

20150925162340 (1)_opt20150925162340 (2)_opt

O problema vem ocorrendo a mais de duas semanas e só depois de varias e cansativas reclamações no 0800 071 0800 da empresa responsável pelo fornecimento COELBA, que chegou até trocar o transformador na manhã do dia 24 de setembro e que no inicio da tarde do mesmo dia, voltou apresentar desligamento de uma das fases do transformador deixando o bairro em meia fase, ou seja, metade dos moradores e comerciantes da rua estavam sem luz, e a outra metade, a meia luz, a tensão ficava tão baixa que moradores e comerciante tiveram que desligar as lâmpadas, eletrônicos e eletrodomésticos e evitar um prejuízo maior.

A situação se tornou crônica no bairro, pois se trata de um problema técnico que não se resolve e que voltou a repetir no inicio da tarde do dia seguinte (25/09). Depois de duas horas com a chegada dos técnicos os moradores e comerciante da localidade tiveram mais uma surpresa, os técnicos afirmaram que o problema era na “distribuição do fornecimento de energia” e que o problema deveria ser levado pessoalmente a uma das unidades da COELBA.

20150925162316_opt

O Morador e Proprietário de estabelecimento da localidade dirigiu-se a até a empresa COELBA que fica no Bairro Boa Sorte, saída para São Desiderio, que foi barrado por segurança, que ligou da portaria para Administração e orientado por telefone pelo Funcionário Maycon que este tipo de assunto só seria resolvido na Loja de Atendimento que fica no Centro Empresaria Barreiras no bairro Vila Rica.

20150925162142_opt

O empresário/morador atravessou a cidade inteira, enfrentando o transito naquele momento, chega às 16h35, no Escritório de Atendimento da Coelba, que foi recebido pela Gerente Sra. Silvana, que não ouvi-lo, pois o expediente era até às 16h30min e solicitou que retornasse na segunda-feira, mesmo questionado que o caso era grave, urgente e que precisava fazer uma ocorrência sobre o fato, mais infelizmente a funcionária foi arrogante e não mostrou nenhum interesse em resolver ou orienta-lo sobre a situação.

Imagem: Reprodução

Por: Gislan França

Postagem: Joselia Brito

Alô Alô Salomão

CORDEIRO