PARENTES RECONHECEM CORPO DE MULHER ENCONTRADA MORTA NA CACHOEIRA DO ACABA VIDA

Image00002

Rita de Cassia Rodrigues dos Santos, 28 anos, conhecida por Cassinha, natural de Barreiras estava desaparecida desde quarta-feira, 25, quando saiu de sua residência na Rua Ingá, bairro Jardim das Acácias, em Luis Eduardo Magalhães, levando consigo, os filhos Pablo Daniel Rodrigues dos Santos Matos, 06 anos e o recém-nascido Adriel Rodrigues de Souza, de seis meses.

Image00003

O estoquista Zenildo Brito de Souza, 34 anos, companheiro de convívio da vítima, e o irmão dela, Nivaldo Neto, informaram à polícia que ela fazia tratamento de depressão e tinha saído de casa para pegar um medicamento na clínica São Camilo, no centro da cidade, e logo em seguida, pretendia tomar um sorvete com o filho mais velho. “Ela fazia tratamento psicológico com Drª Natalia desde janeiro deste ano, mas estava aparentemente bem”, ressaltou.

Preocupado com a ausência da mulher em casa na data do desaparecimento, ao chegar do emprego por volta das 18h 30, Souza revirou os “quatro cantos da cidade” a procura de informações. No dia seguinte, ele fez apelos nas emissoras de rádio e divulgou fotos dela e das crianças nos sites da região e outras mídias. Um taxista que diz ter sido contratado para levar Cassinha e as crianças até um bar na Cachoeira do Acaba Vida, reconheceu a foto dos desaparecidos na internet e procurou Zenildo para ajudar nas buscas.

O Corpo de Bombeiros, familiares e populares iniciaram a procura na região mencionada e por volta das 17h 50 de ontem (27) localizaram o corpo da mulher sem sinais de vida.

Uma moradora encontrou chinelos do bebê e da mãe nas margens da cachoeira. As buscas pelas crianças continuam. O corpo de Cassinha foi encaminhado para exame no IML Regional de Barreiras.

A polícia suspeita que a mulher tenha sido tomada por uma crise depressiva e cometeu suicídio, pulando nas águas da cachoeira com os dois menores.

Alô Alô Salomão

 

 

 

Sem título