PARQUE DO LIVRO A 1ª BIENAL DE BARREIRAS COMEÇA AMANHÃ

14328201787fdc1a630c238af0815181f9faa190f5 (1)

A Primeira Bienal do Livro de Barreiras vai movimentar o parque de Exposições Engenheiro Geraldo Rocha de 28 a 30 de maio, como parte da programação alusiva aos 124 anos de emancipação política da cidade.

O evento, que tem a proposta de ser integrado à grade permanente de eventos no mês de aniversário do município, vai reunir escritores, encantadores de histórias, artistas de diversas manifestações culturais, professores e alunos no mesmo espaço comumente dedicado ao shopping montado durante as exposições agropecuárias.

Realizada pelo poder público local através de diversas secretarias em parceria com a Academia Barreirense de Letras (ABL), a bienal foi denominada Parque do Livro e é uma das iniciativas ligadas ao Ano Municipal da Leitura lançado em Barreiras no mês de janeiro deste ano.

Em duas noites de autógrafos (28 e 29) autores regionais estarão em contato com os leitores , ao tempo que músicos, atores e poetas se revezarão no palco e os visitantes conhecerão os estandes com a produção literária com foco no oeste da Bahia.

Terão destaque no evento o lançamento em Barreiras dos livros Belezas do Oeste, do fotógrafo Rui Resende e Caminhada entre as Letras da professora aposentada Nadir Xavier de Andrade, que foi lançado no mês passado na cidade de Ibitiara, na Chapada Diamantina, sua terra natal.

Para ela, que tem 10 livros publicados, um evento como a bienal “é a valorização da literatura, proporcionando aos leitores a oportunidade de comungar com autores da região, através do manuseio, leitura e aquisição de livros, num universo amplo de ideias a serem analisadas”.

A escritora disse ainda que torce pela continuidade do projeto. “Que não se perca no tempo futuro, nas próximas gestões, pois a política cultural deve ser prioridade na história de um povo”, concluiu.

AÇÕES – A troca de experiências entre os participantes da Bienal, seja como expositor, autor ou visitante, é um dos fatores que vão marcam o evento. Entre as opções a serem oferecidas, a permuta de livros usados tem sido uma experiência repetida com sucesso nas três edições da Feira do Livro, realizadas pela ABL.

A idéia é fazer circular livros que estão encostados em prateleiras ou armários, oportunizando que um exemplar já lido por uma pessoa possa ser usufruído por outra, usando a prática da negociação entre as partes interessadas.
Também haverá um espaço para a doação de livros por parte de autores, editoras e visitantes. Esta iniciativa, já efetivada em eventos anteriores, como na s Praças de Leitura, visa formar um banco de livros de literatura diversa, que será destinado a bibliotecas em escolas municipais.

AUTORES – Além da escritora Nadir Xavier de Andrade, já confirmaram presença nas noites de autógrafos os escritores Roberto de Sena, Vinicius Lena, Luiz Pamplona, Solange Cunha, Catarina Guedes, Lélia Rocha, Ignez Pitta de Almeida, Anton Ross, Miriam Hermes, Eduardo Lena, Rui Resende, João Paulo Pinheiro, Florentino Souza, Luciana Roque, Gabriela Rego e Nazide Mota, dentre outros.

ENTIDADES – O Parque do Livro – 1ª Bienal do Livro de Barreiras contará com as editoras Positivo, da Universidade Federal da Bahia-UFBA, Universidade Federal do Oeste-Ufob, Universidade do Estado da Bahia-Uneb, Faculdade São Francisco de Barreiras-Fasb, o Rotary Club e outras agremiações ligadas ao incentivo à literatura.

Por:Tiago Lira Representante Territorial de Cultura

 

Imagem:Site

Postagem:Félix Silva

Alô Alô Salomão

FRETE-659x45621-659x456-659x456