POLÍCIA CIVIL PRENDE AUTORES DA MORTE DE TALLIS

O delegado Erick Otaviano declarou que o Inquérito Policial que investigou as causas e circunstâncias da morte do professor de inglês, Tallis Silva Bastos, 38 anos, já está concluído. Três envolvidos no crime foram identificados e presos na madrugada desta quarta-feira (06).

De acordo com o Agente Investigador da Polícia Civil, Washington Fialho, Inicialmente as investigações resultaram na prisão do travesti, Wanderson Evangelista dos Santos, 24 anos, vulgo “Soraia ou Paôla”, na Praça Ascânio Pamplona, bairro São Pedro, próximo ao bar Rio Verde. Em seguida, prenderam Igor Mariano dos Santos Silva, 20 anos, apelidado de “Mirele” e apreenderam o adolescente P. H.S. S., 15 anos, nas imediações da empresa Minas Diesel, bairro Jardim Ouro Branco.

As investigações apontam que Wanderson se desentendeu e entrou em luta corporal com Tallis, que se negou pagar a quantia exigida por um encontro sexual (programa). Os acusados teriam forçado a vítima a entregar o dinheiro.

O delegado informou que os três foram indiciados por latrocínio (roubo seguido de morte) e corrupção de menor. Após a apreensão, o adolescente infrator será encaminhado ao Ministério Público.

O professor de inglês foi encontrado morto em frente à panificadora Delícia, na Avenida ACM, no bairro Jardim Ouro Branco na madrugada de sábado (2). O corpo dele estava ao lado de seu veículo, que bateu contra uma grade usada para estacionamentos de bicicletas.

FATO RELACIONADO NO LINK

Alô Alô Salomão