POLÍCIA INVESTIGA ASSASSINATO E TENTATIVAS DE HOMICÍDIO NO BAIRRO ARBORETTO

Image00002

Francisco Evandro da Silva, 44 anos foi assassinado e sua esposa Sueli Moreira de Souza ficou gravemente ferida durante uma briga no bairro Arboretto II em Barreiras/BA, com os vizinhos Altino de Aquino Silva e seu filho Damião Araújo Silva, que também foi baleado e está internado no Hospital do Oeste.

Image00001

A esposa de Damião, Alexandra da Silva Bulhões foi atingida com um tiro no pé. Ela está detida no Complexo Policial de Barreiras, mas segundo o delegado José Romero deve ser liberada após interrogatório. “Eu e meu esposo há muito tempo estávamos sofrendo com as provocações do Francisco. A briga começou porque ele quebrou uma ripa da cerca que separava as nossas casas e fui perguntar o porquê de ter feito aquilo”, disse.

Image00005

“Damião estava sem arma, não atirou em ninguém, só não posso afirmar que meu sogro estivesse desarmado”, completou Alexandra. Suspeita-se que os tiros tenham partido de uma arma usada por Altino. Romero observou que no momento dos disparos, Sueli estava com um filho recém-nascido no colo, que quase foi atingido.

O vereador barreirense Vivi Barbosa tem parentesco com o homem assassinado. Ressaltou que o mesmo tinha chegado recentemente para morar em Barreiras, vindo de Crateús – Ceará. “Trabalhava com venda de bananas, era uma pessoa de vida simples e tranquila. Lamentamos ter morrido por motivo tão bobo. É uma grande perda pra família inteira”, observou.

De acordo com Romero, a partir desta segunda-feira, 18, o caso passa a ser investigado pela delegacia de homicídios do município, a qual tem Claúdia Duarte como delegada substituta.

Alô Alô Salomão

 

REFRIGERANTE d'FRUT